Connect with us

Piracicaba

Homem é morto em avenida conhecida por prática de sexo gay, em Piracicaba

Published

on

Avenida é frequentada por homossexuais de toda a região em busca de sexo na mata

Foto: Google Maps

Um homem de 42 anos, viúvo, morador de Santa Barbara do Oeste, morreu por volta da meia noite desse sábado (27), após uma tentativa de assalto na Avenida Renato Vagner que fica entre um shopping e o Lar dos Velhinhos em Piracicaba.

O local é conhecido pela prática de voyeurismo (ato que consiste num indivíduo conseguir obter prazer sexual através da observação de outras pessoas).

Segundo o Boletim de Ocorrência obtido pelo PiraNOT.com, a vítima estava dentro de uma mata, ao lado do Rio Piracicaba, quando foi abordada por três assaltantes que o obrigaram a entregar a chave da moto Honda CBX Twister 250, celular e dinheiro. Ele se recusou e acabou baleado.

Os assaltantes tentaram fugir com a moto do homem, mas o alarme disparou. Outras pessoas que estavam no local chamaram o Samu e a Polícia Militar.

Ainda segundo o BO, um pedagogo de 32 anos, morador de Americana, que também estava na mata, ajudou a vítima a tentar sair do local, mas depois de uns passos ele caiu e morreu.

Os ladrões desistiram de roubar a moto e fugiram antes da chegada da polícia.

No plantão policial foi colhido o depoimento do pedagogo, de um jovem de 27 anos também de Santa Barbara do Oeste e de um operador de produção de 37 anos morador de Limeira. Todos estavam na mata.

Segundo as testemunhas os ladrões eram pardos e tinham estatura mediana. Até o fechamento dessa nota ninguém foi preso.

O local passará nos próximos meses, segundo a Prefeitura Municipal de Piracicaba, pelo projeto Beira Rio, será iluminado e ganhará melhorias afim de evitar que mais homens continuem usando o espaço para práticas sexuais que são conhecidas em todo o interior pelos homossexuais.

Diretor, editor chefe e jornalista do PIRANOT. Começou a trabalhar em 2007, aos 14 anos, quando lançou seu primeiro blog na internet. Em 2011, criou o PIRANOT e fez parte, por três anos, de um programa da extinta TV Beira Rio. Iniciou a graduação em jornalismo na Faculdade Isca, de Limeira, e, posteriormente, transferiu-se para a UNIMEP. Cursou assessoria de imprensa pelo SENAC e fez estágio na área na Câmara de Vereadores de Piracicaba. Até hoje teve passagens por duas rádios de Piracicaba.