Connect with us

Piracicaba

Ministério Público denuncia ex-prefeito de Piracicaba por irregularidades

Junior Cardoso

Published

on

Ex-prefeito do PSDB já foi condenado anteriormente - Foto: Divulgação

Ex-prefeito do PSDB já foi condenado anteriormente – Foto: Divulgação

O Ministério Público enviou a Justiça de Piracicaba mais uma ação contra o ex-prefeito da cidade, Barjas Negri (PSDB), e a empresa Concivi. Essa é a segunda vez que o MP denúncia os dois por irregularidades em licitações e contratos.

Barjas e a empresa negam que existe algo de errado.

Na denúncia anterior, o ex-prefeito é acusado de beneficiar a empresa, responsável por um contrato de R$ 1,37 milhões para pavimentação asfáltica usado no projeto conhecido como ‘Tapa-buraco’.

O MP questiona dados da licitação que fariam ela ser possível apenas para a contratada como a exigência da empresa ter uma usina de asfalto em um raio de 100 km da prefeitura. Além disso, é questionado o fato de na licitação não ser apresentado uma tabela de preços de mercado sobre os custos do serviço.

Em abril, contratos de cinco obras realizadas em 2008 pelo ex-prefeito no valor total de R$ 842,18 mil foram julgados irregulares pelo Tribunal de Contas do Estado, o TCE, de São Paulo. Na época, Barjas foi condenado a pagar R$ 193,5 mil em multas. A Prefeitura, em nota, informou que iria recorrer.

Diretor, editor chefe e jornalista do PIRANOT. Começou a trabalhar em 2007, aos 14 anos, quando lançou seu primeiro blog na internet. Em 2011, criou o PIRANOT e fez parte, por três anos, de um programa da extinta TV Beira Rio. Estudou jornalismo na UNIMEP e assessoria de imprensa no SENAC. Fez estágio na Câmara de Vereadores e teve passagens por duas rádios de Piracicaba.

error: Este conteúdo está protegido por direitos autorais.