Connect with us

Piracicaba

Estrada Piracicaba-Anhumas é interditada; pede-se atenção com desvio no local

Rafael Fioravanti

Published

on

A estrada que liga Piracicaba ao distrito de Anhumas teve de ser interditada no início da tarde desta segunda-feira (10), após o rompimento de uma galeria que canaliza o córrego Jiboinha. Na ocasião, o asfalto cedeu de um lado ao outro da pista, impedindo a passagem de veículos.

Foto: Sema (Secretaria de Agricultura e Abastecimento)

A Semuttran (Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes) sinalizou o local e a Secretaria de Agricultura e Abastecimento (Sema) já providenciou o desvio pela PIR-17 e PIR-18, entrando pelo Armazén do Zé do Monte Branco, para quem vai de Piracicaba. O secretário da Sema, Camilo Barioni, esteve no local com técnicos e identificaram a PIR-17 e a PIR-18 como os melhores locais para o desvio até o conserto do asfalto. O desvio deve aumentar em cerca de 3 km o trajeto entre Piracicaba e o distrito e vice-versa.

Assim que a chuva parar e o solo estiver firme, será feita a troca da tubulação, terraplanagem, compactação e pavimentação do trecho que cedeu.

Chuva em Piracicaba

Da manhã deste domingo (09) até às 11h30 desta segunda-feira (10), choveu 68 milímetros aqui em Piracicaba. Dado esse grande volume de água, a Defesa Civil monitora os possíveis pontos de alagamento e, claro, o próprio rio.

De acordo com Odair Mello, diretor da Defesa Civil, não há registros de pontos de alagamento na área central de Piracicaba, porém houve transtornos em outras localidades. No bairro Lago Azul, uma lagoa transbordou e inundou um trecho da Avenida José Ramiro, próximo ao numeral 20. Já a Rodovia Samuel de Castro Neves, que liga Piracicaba a Anhembi, também ficou inundada em um ponto próximo à Fazenda Pau D’Alho. “As pessoas devem evitar passar nesses pontos alagados, pois seus carros podem ser levados pela enxurrada. O melhor é parar o carro em um local seguro e aguardar a água baixar”, orienta Mello.

Ainda segundo o diretor da Defesa Civil, a preocupação maior é com o rio Piracicaba, visto que a previsão é de mais chuva.

Atenção

Os principais pontos monitorados pela Defesa Civil, em caso de alagamentos, são a Avenida Armando de Salles Oliveira — entre o Terminal Central de Integração (TCI) e Avenida Independência –, a Avenida 31 de Março e a esquina da Rua Gomes Carneiro com Rua Santa Cruz. Pede-se aos motoristas que evitem deixar carros estacionados nesses pontos.

Já em relação ao Rio Piracicaba, em caso de transbordamento, os pontos de alagamento ficam no Bongue, Parque da Rua do Porto, Ártemis, Avenida Cruzeiro do Sul, Avenida Jaime Pereira, Ondas, Ondinhas, São Francisco, Estoril e Jupiá.

Foto: Sema (Secretaria de Agricultura e Abastecimento)

  • Sua moto está precisando de manutenção, acessórios ou peças? Então conheça a SOS Motos e encontre tudo o que você precisa. Clique aqui e veja mais.

Rafael é formado em jornalismo (comunicação social) pela Universidade Mackenzie, em São Paulo. Possui experiência em redações e editoras literárias. Integra a equipe do Jornal PIRANOT desde dezembro de 2017.

error: Este conteúdo está protegido por direitos autorais.