Connect with us

Notícias

Efetivo reduzido da PM prejudica patrulhamento rural em Piracicaba, diz vereadora

Rafael Fioravanti

Published

on

Reclamações de moradores sobre a falta de patrulhamento na zona rural foi um dos assuntos abordados pela vereadora Coronel Adriana, na tribuna, durante a 54ª reunião ordinária da Câmara de Vereadores de Piracicaba.

Polícia Militar

Foto: Arquivo.

Ela falou da conversa que teve na quarta-feira passada (25) com moradores da zona rural, com o comandante do 10º BPM-I (Batalhão de Polícia Militar do Interior), Rodrigo Arena, e com os comandos da Guarda Civil Municipal e das 1ª, 4ª e 5ª companhias da Polícia Militar. Na reunião, a parlamentar conversou com os moradores sobre a falta de rondas na zona rural e foi informada sobre situações de roubos que ocorreram nessas localidades.

Coronel Adriana disse que a falta de agentes na Polícia Militar impede o funcionamento efetivo das patrulhas rurais, situação que, segundo ela, irá agravar-se, visto que o Baep (Batalhão de Ações Especiais da Polícia) pretende realocar mais de 40 policiais para a formação do batalhão, o que prejudicará serviços como a patrulha rural e a ronda escolar.

“Nós vamos ter que tomar alguma providência para resolver esse problema, porque o Baep não vai fazer ronda escolar e não vai fazer ronda na zona rural”, comentou a parlamentar que fez questão de frisar, aliás, que as realocações do Baep resultarão na retirada de policiais que realizam “serviços essenciais” para colocá-los em ações da polícia de choque.

 

  • DINHEIRO DE VOLTA – Banco é obrigado a devolver taxas abusivas em contrato de financiamento de veículo quitado. Conheça os serviços da JUCA HELP!/PIRANOT, nova marca da Empresa Júnior Cardoso LTDA, clicando aqui.

Rafael é formado em jornalismo (comunicação social) pela Universidade Mackenzie, em São Paulo. Possui experiência em redações e editoras literárias. Integra a equipe do Jornal PIRANOT desde dezembro de 2017.

error: Este conteúdo está protegido por direitos autorais.