Connect with us

Piracicaba

Coronavírus: empresários protestam em Piracicaba para poder abrir seus comércios

Rafael Fioravanti

Published

on

Por conta da pandemia provocada pelo coronavírus (COVID-19), a Prefeitura de Piracicaba decretou, por medida de segurança, que todos os comércios do município ficassem fechados como forma de evitar a propagação do vírus — a medida, porém, não agradou os comerciantes, autônomos e pequenos empresários. Na manhã desta sexta-feira (27), eles organizaram um protesto em frente à Prefeitura para que pudessem, mesmo em meio à pandemia, abrir seus estabelecimentos.

Foto: Wagner Romano / Jornal PIRANOT

O protesto em frente à Prefeitura de Piracicaba teve início às 10h de hoje e teve como ponto final a Câmara de Vereadores do município. De acordo com Patricia Gonsales, uma das organizadoras, o movimento aconteceu de forma natural, quando várias pessoas nas redes sociais se mostraram descontentes e resolveram comparecer hoje defronte à Prefeitura para participar. “Há uma preocupação com os rendimentos devido à paralisação do comércio, então foi tudo muito rápido, decidimos tudo ontem à noite e acredito que atingimos o nosso objetivo hoje. Tivemos cerca de 60 carros participando.”

Patricia disse ainda que o objetivo agora é marcar uma reunião com o prefeito Barjas Negri para discutir a questão das paralisações. “As medidas que o prefeito tomou aqui em nosso município têm a ver com o decreto feito pelo governador João Dória. Ele, por si, não pode ir contra o decreto do governador, mas ele pode conversar com demais representantes de outros municípios para buscar soluções junto ao governador referente à paralisação das empresas.”

Foto: Wagner Romano / Jornal PIRANOT

Foto: Wagner Romano / Jornal PIRANOT

Foto: Wagner Romano / Jornal PIRANOT

Foto: Wagner Romano / Jornal PIRANOT

Foto: Wagner Romano / Jornal PIRANOT

Foto: Wagner Romano / Jornal PIRANOT

Foto: Wagner Romano / Jornal PIRANOT

Foto: Wagner Romano / Jornal PIRANOT

Coronavírus: confira o que abre ou fecha em Piracicaba durante fase de quarentena

Rafael é formado em jornalismo (comunicação social) pela Universidade Mackenzie, em São Paulo. Possui experiência em redações e editoras literárias. Integra a equipe do Jornal PIRANOT desde dezembro de 2017.

5 Comments

5 Comments

  1. Avatar

    Ex-brasileiro na Itália

    27 de março de 2020 at 17:41

    O Brasil é o único lugar do mundo onde as pessoas fazem uma passeata para ter o direito de ficarem mais expostas a esse vírus. Parabéns gente, vcs se superam a cada instante.

  2. Avatar

    Betr

    27 de março de 2020 at 19:46

    Os empresários preferem abrir suas lojas, seu comércio, se infectar. Esquecem que tem familia. Se morrerem nem velorio teram. Suas familias não teram como sobreviver. É isso que eles querem???????

  3. Avatar

    Anti burromion

    28 de março de 2020 at 17:09

    Gente estúpida! Tenho vergonha

  4. Avatar

    André

    28 de março de 2020 at 20:13

    É muita canalhice! É muita ignorância. É muita ganância por parte dessas pessoas. Desfilam em seus carroes pra q seus funcionários peguem buzoes lotados pra trabalhar. Todos fazendo o possível pra não espalhar o vírus na cidade e esses irresponsáveis indo na contramão.

  5. Avatar

    Rodrigo

    29 de março de 2020 at 21:04

    irresponsáveis

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.