Connect with us

Notícias

Câmara de Piracicaba vota lei que permite doação de alimentos não consumidos

Rafael Fioravanti

Published

on

O Projeto de Lei 165/2019, da Prefeitura de Piracicaba, que permite estabelecimentos comerciais de doarem alimentos não consumidos a entidades públicas ou privadas de assistência social para consumo direto dos seus assistidos, será votado durante a 55ª reunião ordinária na Câmara de Vereadores do na próxima segunda-feira (30).

Segundo a propositura, toda comida produzida em excesso em cozinhas industriais e buffets, restaurantes, bares e congêneres, padarias, mercados e supermercados, açougues, feiras livres, sacolões, hortas e centrais de abastecimento poderá ser destinada a entidades assistenciais, desde que haja interesse.

A lei prevê, ainda, que restos de alimentos in natura ou sobras, não recomendados ao consumo humano, poderão ser destinados às propriedades rurais do município para fabricação de adubos e compostagem e para uso como ração animal.

A propositura, assinada pelo prefeito Barjas Negri (PSDB), tem o objetivo de estimular os estabelecimentos comerciais do município a promoverem doações, evitando o desperdício. “O Brasil é considerado pela Organização das Nações Unidas (ONU) um dos dez países que mais desperdiçam alimentos no planeta. Enquanto 800 milhões de pessoas passam fome no mundo, um terço de tudo o que se produz é perdido ou desperdiçado”, comentou o prefeito.

Rafael é formado em jornalismo (comunicação social) pela Universidade Mackenzie, em São Paulo. Possui experiência em redações e editoras literárias. Integra a equipe do Jornal PIRANOT desde dezembro de 2017.

error: Este conteúdo está protegido por direitos autorais.