Connect with us

Denúncia

Bombeiros de Piracicaba encontram mulher de 74 anos em condições precárias

.

Rafael Fioravanti

Published

on

Nesta terça-feira (10), o Corpo de Bombeiros de Piracicaba encontrou uma mulher de 74 anos vivendo em condições precárias. Ela sofre de alzheimer e mora com o filho, de 38 anos, um usuário de drogas.

Foto: Wagner Romano / PIRANOT

Segundo informações apuradas pelo jornal PIRANOT, o Corpo de Bombeiros foi acionado à Rua Café Filho, no bairro Vila Sônia, por meio de denúncia de moradores do local. Segundo eles, uma casa apresentava sinais de fumaça e a suspeita era de que houvesse incêndio em um fogão.

Os bombeiros adentraram a residência e encontraram uma panela pegando fogo em cima do fogão. Há suspeitas de que o filho, usuário, tenha tentado esquentar um pouco de comida, mas, por estar sob efeitos de substâncias, acabou esquecendo a panela no fogo.

Condições precárias

Assim que os bombeiros fizeram o controle do fogo, ficaram também sensibilizados com o estado de saúde da mulher de 74 anos. Ela foi encontrada com as unhas compridas e sem qualquer sinal de cuidado. Suas roupas também estavam sujas e sua fralda não era trocada há muito tempo.

No quarto onde ela vive, os bombeiros e a equipe do PIRANOT perceberam também grande quantidade de sujeira e fezes de cachorros e gatos.

A mulher sofre de alzheimer e, por ser acamada, veio a inalar grande quantidade de fumaça. Ela foi encaminhada à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Vila Sônia para receber maiores tratamentos.

A assistente social já compareceu ao local e disse que a responsabilidade pela mulher é inteiramente do filho. Ele recebe a aposentadoria da mãe, mas gasta todo o dinheiro com drogas e bebidas. Essas informações foram coletadas junto a moradores.

Ameaças

Alguns vizinhos disseram que o filho não deixa ninguém chegar perto da mãe. Eles comentaram também que, sempre que tentam ajudar a mulher de alguma forma (seja com banho ou comida), o filho aparece com facas ou pedaços de pau e faz ameaças.

Segundo os bombeiros, “a condição em que a mulher foi encontrada é desumana”.

Assim que a polícia chegou ao local, o filho de 38 anos estava embriagado e sob efeitos de entorpecentes.

Foto: Wagner Romano / PIRANOT

Foto: Wagner Romano / PIRANOT

Foto: Wagner Romano / PIRANOT

Foto: Wagner Romano / PIRANOT

Acompanhe o Piranot

Quer saber o que acontece em Piracicaba e região em tempo real? Então, clique aqui e baixe o nosso aplicativo para celular, nós te manteremos informado.

Rafael é formado em jornalismo (comunicação social) pela Universidade Mackenzie, em São Paulo. Possui experiência em redações e editoras literárias. Integra a equipe do Jornal PIRANOT desde dezembro de 2017.

error: Este conteúdo está protegido por direitos autorais.