Connect with us

Piracicaba

Bairros de Piracicaba estão sem água há quase 48 horas, dizem leitores

Redação - PIRANOT / PORJUCA

Published

on

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Moradores da Vila Monteiro, Vila Independência, Nova Suíça, São José e São Jorge, em Piracicaba, estão há quase 48 horas sem água. Procuramos a assessoria de imprensa do Semae (Serviço Municipal de Água e Esgoto) que em nota comentou o problema na tarde desta quinta-feira (07).

De acordo com Cleide Costa, que mora ao lado do Cemitério da Saudade, no bairro Vila Monteiro, a água acabou na terça-feira. “Estamos sem agua há três dias. Liguei no Semae e eles disseram que rompeu uma rede na Rua Regente Feijó e que agora rompeu outra no São Dimas. Duas redes rompidas, agora você imagina ficar quase uma semana sem agua, já que aqui acaba todo dia”, desabafou.

Com a falta de água, tem empresário perdendo dinheiro. “Minha amiga é cabelereira e não tem como trabalhar por falta de água. Ela ligou no Semae e falaram para ela que não tem previsão de quando vai voltar porque o pessoal da Cantagalo tem consumo muito alto. Agora eu pergunto: o que que a gente tem a ver com isso? Precisamos de ajuda”, disse Rosemary Pereira Ramos.

Também recebemos reclamação da leitora Jaqueline Sassaki no começo da madrugada. “Desde ontem cedo estamos sem água aqui no bairro São José. Qual a desculpa do Semae hoje?”, questionou.

Jucimara Saes Dias sente em dobro a falta de abastecimento. “Meu pai é acamado e fica difícil assim. Estamos desde ontem cedo sem água”, disse.

A mesma situação é do casal Júnior e Aline Moreno que na tarde de ontem questionavam a falta de água na Vila Independência.

Após receber todas as reclamações citadas e outras, o PIRANOT enviou uma solicitação de nota no final da madrugada de hoje para a assessoria de imprensa do Semae que confirmou os problemas na região da Vila Independência. “No dia 05, na madrugada, rompeu uma adutora localizada à rua Regente Feijó, a manutenção foi finalizada ontem por volta das 17h, porém, horas mais tarde, a mesma rede rompeu três casas abaixo, prejudicando o abastecimento. O Semae já realizou a manutenção e o abastecimento completo será gradativo.”, disse.

Sobre os bairros da região do São Jorge, zona sul, que é abastecida pelos reservatórios Kobayat Líbano, a autarquia disse que “em um estudo realizado pelo Semae, no segundo semestre de 2015, verificou-se que o sistema de abastecimento de água do Kobayat Líbano havia chegado no seu limite. Diante disso, tem ocasionado falta de água na região em alguns períodos do dia, entre às 20h e 6h, mas outros fatores refletem no abastecimento como: vazamentos, falta de energia elétrica, problemas de acúmulo de areia na captação de água e o tempo seco com temperatura elevada, que ocasiona o aumento do consumo.”, diz a nota.

Ainda de acordo com a autarquia, “para regularização do abastecimento de água na região, o Semae iniciou a obra de construção de uma adutora, que interligará os reservatórios da Paulicéia ao do Kobayat Líbano. Porém, a falta de água na região aumentou nos últimos dias, muito provavelmente causada por vazamentos ainda não identificados. O Semae está trabalhando desde segunda-feira para identificar eventuais vazamentos. A região abastecida pelos reservatórios do Kobayat Líbano é muito extensa e as redes de abastecimento também passam por áreas desabitadas, o que dificulta a localização de vazamentos.”, disse.

Fundado em 18 de novembro de 2011, o Jornal PIRANOT é uma marca da Empresa Júnior Cardoso LTDA. Aqui, notícias de Piracicaba são prioridades. Confira tudo o que acontece de mais importante na cidade em tempo real. Jornalismo 24 horas de plantão.

error: Este conteúdo está protegido por direitos autorais.