Connect with us

Piracicaba

Após ataque desconhecido, nove crianças são socorridas em escola de Piracicaba

Rafael Fioravanti

Published

on

Em Piracicaba, nove crianças com idades entre 11 e 12 anos ficaram feridas após um estranho ataque, por volta das 14h55 desta quinta-feira (13). O episódio ocorreu na altura do numeral 1510 da Rua Nilo Peçanha, região do Vila Sônia.

Foto: Wagner Romano / Jornal PIRANOT

De acordo com informações apuradas pelo Jornal PIRANOT, saiu uma briga entre alguns indivíduos pela Rua Nilo Peçanha, em frente à Escola Estadual Professora Maria Modesto, porém sem qualquer relação com os alunos da instituição de ensino. Embora os alunos estivessem em horário de aula, alguns ainda conseguiram sair da escola e ir até a rua para ver o que estava acontecendo. Ocorre que, logo após a briga ser apaziguada, uma mulher num veículo Renault prata passou pelo local e borrifou algum spray contra as crianças.

Por conta disso, nove alunos com idades entre 11 e 12 anos começaram a apresentar reação alérgica ao líquido. Ainda não se sabe se trata-se de spray de pimenta ou se trata-se de alguma outra substância. Como as crianças começaram a apresentar bastante vermelhidão nos braços, pescoço e rosto, foi necessário fazer o acionamento da Unidade de Resgate do Corpo de Bombeiros para socorrê-las à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Vila Sônia.

Populares não conseguiram anotar o emplacamento do veículo, tampouco o modelo ou características da mulher. A única coisa possível de ser anotada foi que se tratava de um veículo Renault prata.

Foto: Wagner Romano / Jornal PIRANOT

Foto: Wagner Romano / Jornal PIRANOT

Foto: Wagner Romano / Jornal PIRANOT

  • Sua moto está precisando de manutenção, acessórios ou peças? Então conheça a SOS Motos e encontre tudo o que você precisa. Clique aqui e veja mais.

Rafael é formado em jornalismo (comunicação social) pela Universidade Mackenzie, em São Paulo. Possui experiência em redações e editoras literárias. Integra a equipe do Jornal PIRANOT desde dezembro de 2017.

2 Comments

2 Comments

  1. Avatar

    Luis

    13 de fevereiro de 2020 at 15:46

    Que merda de direção e professores desta escola que deixam crianças de 11 e 12 anos saírem para a rua para ver brigas? Isso reflete bem porque a educação está uma merda e o povo cada vez pior. Crianças tem que obedecer e não estarem livres para fazerem o que bem entendem.

  2. Avatar

    Valdir

    13 de fevereiro de 2020 at 16:13

    Concordo plenamente com o Luiz!

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.