Connect with us

Economia

5 mortos: Bombeiros tem dificuldade para resgatar corpos da tragédia do Anel viário de Piracicaba

Junior Cardoso

Published

on

O Corpo de Bombeiros de Piracicaba atualizou há pouco o número de mortos no acidente que aconteceu nessa manhã (1), no canteiro de obras do Anel Viário da cidade, ao lado do Centro de detenção Provisório – CDP no bairro Santa Rosa como noticiou mais cedo o PiraNOT.

Segundo os novos dados, foram localizados até agora três dos cinco corpos.
O trabalho de resgate dos corpos é dificultoso devido á chuva que vem caindo na região que fez a água do Rio Piracicaba ficar barrenta.
Além disso, uma chuva forte que caiu por volta das 14h paralisou por alguns minutos o trabalho de busca.
5 funcionários ficaram feridos e foram encaminhados ao Hospital Fornecedores de Cana e para o pronto socorro, ambos na região da Vila Rezende.

O acidente aconteceu por volta das 9h30 quando os trabalhadores colocavam vigas sobre um pilar em forma de T que estava fixado no Rio Piracicaba. No momento de colocação da décima viga, todas elas e o pilar vieram abaixo. Funcionários que estavam no pilar foram jogados na água.

Bombeiros de cidades vizinhas como Limeira e Rio Claro auxiliam a equipe Piracicabana no resgate. Não há expectativa de encontrar sobreviventes.

Procurada, a concessionária Rodovias do Tietê, responsável pela obra, disse que só irá se pronunciar no final da tarde de hoje.
Já o governo do estado de São Paulo está mandando um período para avaliar as causas do acidente.
Por causa da pericia, as obras ficarão paradas por pelo menos uma semana.
Esse foi o segundo acidente na obra sendo o primeiro em Maio.

O anel viário tem como objetivo tirar das ruas de Piracicaba diversos caminhões que vem de Limeira com o objetivo de ir para São Paulo usando a Rodovia Luis de Queiroz.
Empresas como a Hyundai e as do distrito industrial Uninorte serão beneficiados com a obra.

Diretor, editor chefe e jornalista do PIRANOT. Começou a trabalhar em 2007, aos 14 anos, quando lançou seu primeiro blog na internet. Em 2011, criou o PIRANOT e fez parte, por três anos, de um programa da extinta TV Beira Rio. Estudou jornalismo na UNIMEP e assessoria de imprensa no SENAC. Fez estágio na Câmara de Vereadores e teve passagens por duas rádios de Piracicaba.

error: Este conteúdo está protegido por direitos autorais.