Mãe que matou a bebê Isis Helena é encontrada morta na cadeia

O crime aconteceu em março de 2020 e gerou comoção em todo o Brasil

Jennifer Natalia Pedro, acusada de matar a filha Isis Helena, que na época do crime tinha um ano e dez meses, foi encontrada morta na cadeia nesta segunda-feira (22). O crime aconteceu em março de 2020 e gerou comoção em todo o Brasil. O PIRANOT acompanhou o caso do início ao fim, confira todas as notícias clicando aqui.

A criminosa foi encontrada morta em uma cela na Penitenciária Santa Maria Eufrásia Pelletier, a P1 de Tremembé (SP). A suspeita é de que ela tenha cometido suicídio.

Ela estava presa na unidade desde abril de 2020, após confessar a morte da filha. Inicialmente, ela ficou presa na penitenciária de Mogi Guaçu (SP) e depois transferida para a P1 de Tremembé. A unidade é conhecida por abrigar presas envolvidas em casos de repercussão e comoção, como Suzane von Richthofen e Elize Matsunaga.

O corpo de Jennifer Natalia Pedro foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) para perícia e foi feito registro do caso na Polícia Civil.

Foto: Reprodução
Informar Erro
Leia também

“Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência. Ao utilizar nossos serviços, você concorda.” Prosseguir Mais detalhes