Connect with us

Notícias

Mãe e filha ficam feridas após acidente de trânsito, em Piracicaba

Redação - PIRANOT / PORJUCA

Published

on

Na tarde desta quarta-feira (15), mãe e filha ficaram feridas após um acidente, em Piracicaba (SP). A colisão aconteceu por volta das 16h05, no Bairro Mário Dedini.

Foto: Wagner Romano / Jornal PIRANOT

De acordo com as informações apuradas pelo jornal PIRANOT, motociclista e garupa transitavam na Rua Nair Azepita, quando um veículo Ford Pampa colidiu frontalmente contra a motocicleta.

A motociclista de 46 anos teve ferimentos no ombro e uma possível fratura no pé. A garupa de 16 anos, teve uma contusão na lombar, possível fratura na Tíbia e fíbula.

A unidade de resgate foi até o local e encaminhou as duas a Central de Ortopedia e Traumatologia (COT), onde seguem internadas.

O trânsito no local foi afetado, porém já foi liberado.

Segundo acidente

Pouco tempo depois, por volta das 17h05, uma motociclista de 24 anos colidiu na traseira de um veículo Toyota Corola. A colisão aconteceu no Bairro Vila Rezende.

De acordo com as informações apuradas pelo jornal PIRANOT, o condutor de 60 anos transitava na Avenida Brasília, quando precisou frear o veículo. A motociclista que estava atrás não conseguiu parar a motocicleta e acabou colidindo na traseira.

A Unidade de Resgate foi até o local, socorreu a vítima com uma contusão na perna esquerda e um traumatismo craniano leve.

A jovem foi encaminhada a Central de Ortopedia e Traumatologia (COT) e segue internada.

O trânsito no local foi afetado, porém também já foi liberado.

Foto: Wagner Romano / Jornal PIRANOT

 

Fundado em 18 de novembro de 2011, o Jornal PIRANOT é uma marca da Empresa Júnior Cardoso LTDA. Aqui, notícias de Piracicaba são prioridades. Confira tudo o que acontece de mais importante na cidade em tempo real. Jornalismo 24 horas de plantão.

1 Comment

1 Comment

  1. Avatar

    LILIAN CAMARGO

    15 de maio de 2019 at 18:43

    É lamentável como pessoas vêm se ferindo no trânsito, principalmente motociclistas Não refiro ao caso em destaque que será apurado e estimo melhoras às vítimas.
    Sobre o aumento de acidentes, a prudência resolveria parte do problema. Circulo por essa Avenida todos os dias e o que se observa é assustador. Motociclistas sempre ultrapassam pela linha contínua invadindo a mão contrária, em alta velocidade é aterrorizante andar pelas calçadas ou em faixas sinalizadas por semáforo, não há respeito.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.