Live ‘Gerações’ terá músicos unidos em prol do bailarino piracicabano Rodrigo Betini, diagnosticado com câncer

Dia 08 de maio, a partir das 18h. Não perca!

Os músicos Cláudio Cacau e seu filho Iuri Almeida, e Hélio Braga Jr. e seu filho Flávio Braga, estarão unidos no dia 08 de maio, a partir das 18h, apresentando a Live ‘Gerações’ em prol do bailarino piracicabano Rodrigo Betini, diagnosticado com câncer em dezembro de 2019.

Foto: Divulgação

A Live tem o intuito de unir duas gerações de músicos piracicabanos, com a participação especial do baterista Wagner Silva, e através da música, solidariedade e amor ao próximo, arrecadar dinheiro para o tratamento do educador físico e bailarino Rodrigo Betini. Você também pode ajudar fazendo a sua doação por meio da Vakinha on-line.

Durante a Live ‘Gerações’ serão disponibilizadas na tela outras formas de doações além da Vakinha on-line, como Pix – QR Code + Chave e conta bancária para transferências ou depósitos.

O evento beneficente será transmitido ao vivo do estúdio da “LC Sound”, respeitando todos os protocolos de segurança e distanciamento contra a pandemia. No repertório terão músicas dos artistas Djavan, 14 BIS, Lô Borges, Beto Guedes, The Beatles, Supertramp, Soundgarden, Milton Nascimento, Sá e Guarabyra, Zé Ramalho, Gilberto Gil, e a música “Arco-íris Que Beija o Teu Céu” – autoral de Cláudio Cacau.

Foto: Divulgação

Link para assistir a Live

Sobre Rodrigo Betini

Rodrigo Aparecido do Nascimento Ferreira Betini tem 35 anos, é casado e natural de Piracicaba (SP). Ele é educador físico, professor de dança e bailarino profissional.

Participações mais relevantes:

  • Diversos musicais encenados em Piracicaba e região;
  • Dançou no clipe da música “Me Chama” da dupla Pedro Paulo e Alex;
  • Dançou no “Show da Virada” – Rede Globo, nos anos 2014 e 2015, integrando o corpo de baile que esteve no palco com Ludmilla, Wanessa Camargo, Luan Santana, César Menotti & Fabiano, Diogo Nogueira, Mc Coringa, Mc Gui, Mc Guime, Capital Inicial, Ivete Sangalo e outros artistas de renome.

A doença

Rodrigo foi diagnosticado com câncer colorretal, que é tumor maligno que se instala no reto do intestino grosso, em dezembro de 2019. Em dezembro deste mesmo ano, já apresentando debilitações, participou e venceu o 1º Campeonato Mundial de Pilates – “Pilates Games” realizado em Porto Alegre (RS).

Foto: Divulgação

O bailarino já enfrentou diversas batalhas contra a doença, como uma cirurgia muito séria para retirada de vários tumores. Em seguida, fez 20 árduas sessões de quimioterapia e mais uma cirurgia. Exames atuais identificaram metástases (sete novos tumores no fígado), indicando a permanência da doença e a necessidades de novos tratamentos e cirurgias.

No Brasil, a medicação Pembrolizumabe – Keytruda 200 mg indicada para o tratamento está em protocolo de estudo. Ela ainda não é fornecida pelo SUS e também não é coberta por planos de saúde. Uma dose dessa medicação custa, hoje, mais de R$ 20 mil e Rodrigo precisa de duas doses em cada aplicação, devendo fazer uma aplicação a cada três semanas, nos primeiros três meses de tratamento (quatro aplicações), para depois fazer novos exames e verificar a reação do seu organismo e da doença.

Rodrigo havia se cadastrado para participar dos estudos e testes do remédio, porém o laboratório que desenvolve a medicação suspendeu tal estudo em função da pandemia da Covid-19.

O câncer de Rodrigo avança muito rápido e é bastante agressivo. A quimioterapia não tem surtido os resultados necessários para deter a doença. Ele “corre” contra o tempo e precisa da ajuda de todos. Clique aqui e faça sua doação na Vakinha.

Fotos

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação
Informar Erro
Leia também