Em maio, número de mortes por Covid-19 cresce 15% e casos 21% em Piracicaba (SP)

Média móvel diária está em quase seis mortes por dia

Maio terminou e foi o segundo mês mais letal da pandemia em Piracicaba (SP), segundo dados do Governo do Estado de São Paulo. Foram 132 mortes de moradores em 31 longos e intermináveis dias. O número representa um crescimento de 15% em relação ao mês anterior, abril.

Segundo os dados consultados pelo PIRANOT, a cidade começou maio com 844 mortes e terminou com 976, de acordo com o último boletim da Prefeitura. Já o número de casos no começo do mês que era de 42,8 mil saltou para 51,1 mil. Crescimento de 21%.

Ainda segundo os dados do Estado, o mês mais letal até agora foi abril. Este mês começou com 644 mortes e terminou com 844. Um crescimento de 31% em relação a março, que tinha começado com 537.

Desde o começo deste ano, são 560 mortes de moradores. Em 2020 inteiro, morreram 416 pessoas que aqui moravam.

Média móvel

A média de mortes, ainda segundo o Governo do Estado, na cidade nos últimos 14 dias, é de 5,71 por dia. A variação semanal está em 50%.

É importante saber…

Pessoas de outras cidades, que morreram em nossos hospitais, não tem as mortes contabilizadas aqui, mas sim em seus municípios. Esses dados não são divulgados.

Fonte dos dados

Os dados desta notícia podem ser consultados em https://www.seade.gov.br/coronavirus/.

Calma, piranotense: não vá embora ainda… já leu essas notícias?

Informar Erro

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo.

Leia também