Connect with us

Polícia

Homem que disse ter encontrado bebê é o pai

Junior Cardoso

Published

on

Segundo delegada, bebe nunca foi abandonado

Jadil Davino Ricardo sentiu vergonha e inventou a história - Foto: Grupo RAC

Jadil Davino Ricardo sentiu vergonha e inventou a história – Foto: Grupo RAC

A DDM (Delegacia de Defesa da Mulher) de Santa Bárbara d’Oeste conseguiu descobrir a verdadeira história por trás do caso noticiado segunda-feira (16) pelo PiraNOT onde um bebê havia sido abandonado em uma caixa de papelão.

Segundo a delegada Olívia dos Santos Fonseca, Jadil Davino Ricardo de 30 anos, que teria encontrado a criança e levado para o Pronto-Socorro Afonso Ramos, é o pai. Ele teria forjado a história junto com sua esposa por não ter condições de criar.

A delegada revelou ainda que a esposa de Ricardo teve o parto no domingo à noite. Durante toda a gestação a mulher teria escondido a gravidez. O casal já tem dois filhos e em depoimento à delegada ele confessou que não tinha condições de criar mais um e por isso queria entregar o bebê para adoção.

Ainda segundo a delegada, a criança nunca foi abandonada. A história contada por Ricardo, inclusive em diversas entrevistas para a imprensa, é falsa. O bebê foi levado direto ao hospital, mas como teve vergonha de dizer que queria doar, ele inventou a história.

O caso chocou a região. Diversos internautas através da rede de divulgação do PiraNOT comentou a notícia. Gislayne Vieira ficou revoltada e desabafou: “Eu não consigo entender como alguém consegue abandonar um bebê, um ser tão pequeno e indefeso, é muita maldade e sangue frio fazer isso”. Para comentar nossas notícias é só descer a página até o final. 

Diretor, editor chefe e jornalista do PIRANOT. Começou a trabalhar em 2007, aos 14 anos, quando lançou seu primeiro blog na internet. Em 2011, criou o PIRANOT e fez parte, por três anos, de um programa da extinta TV Beira Rio. Estudou jornalismo na UNIMEP e assessoria de imprensa no SENAC. Fez estágio na Câmara de Vereadores e teve passagens por duas rádios de Piracicaba.

error: Este conteúdo está protegido por direitos autorais.