Connect with us

Polícia

Cadáver é encontrado fora da cova após ser abusado sexualmente

Junior Cardoso

Published

on

Um cadáver foi tirado do túmulo e abusado sexualmente. O caso é investigado pela 1ª Delegacia de Polícia Civil de Gravataí, no Rio Grande do Sul. A vítima é uma mulher de 49 anos morta no domingo (10), e enterrada no Cemitério Rincão da Madalena.

Foto: Polícia Civil / Divulgação

Segundo a polícia, o corpo foi retirado da cova e encontrado seminu por familiares, na manhã desta segunda-feira (11), em uma área próxima. Ele foi levado ao IML para perícia.

Segundo uma irmã da mulher morta, uma denúncia anônima informou que o cadáver havia saído da cova. Com a ajuda de parentes, buscas pelo cemitério foram feitas onde, em uma clareira, ele foi encontrado. “Quem sabe teria saído, sobrevivido. Na hora, foi uma coisa apavorante”, comenta a irmã sobre o que sentiu na hora. “Umas quatro quadras de lápides depois, tinha uma roupa pendurada, e lembrei que era a saia que tinha colocado nela. Fui um pouco [adiante] e vi o corpo dela.”

Ainda segundo a irmã da morta, a vítima estava com a parte inferior do corpo despida e as pernas abertas, com as mãos cruzadas sobre o peito, em um “estado lamentável”.

A Polícia Civil ainda não tem suspeitos pelo crime. Se encontrado e preso, o autor deve responder por vilipêndio de cadáver. A pena para este crime varia de um a três anos de prisão.

Diretor, editor chefe e jornalista do PIRANOT. Começou a trabalhar em 2007, aos 14 anos, quando lançou seu primeiro blog na internet. Em 2011, criou o PIRANOT e fez parte, por três anos, de um programa da extinta TV Beira Rio. Estudou jornalismo na UNIMEP e assessoria de imprensa no SENAC. Fez estágio na Câmara de Vereadores e teve passagens por duas rádios de Piracicaba.

error: Este conteúdo está protegido por direitos autorais.