Connect with us

Esporte

Novela entre Corinthians e Palmeiras envolvendo atacante Rony Continua. Entenda!

Redação - PIRANOT / PORJUCA

Published

on

E o Rony? Os torcedores de Corinthians e Palmeiras tem se perguntando nos últimos dias quando os seus respectivos clubes vão anunciar oficialmente a contratação do jogador do Athletico-PR. No entanto, a novela parece longe do fim.

O advogado do jogador, Carlos André de Freitas Lopes se manifestou publicamente e detalhou o que impede a conclusão do negócio. De acordo com ele, a venda para um dos gigantes de São Paulo necessita de um acordo do atleta com o seu atual time.

A oferta do Furação envolve o pagamento de um milhão de dólares (cerca de 4 milhões de reais), enquanto o staff do jogador exige o recebimento de 3 milhões de euros (R$ 12,3 milhões).

Propostas de Corinthians e Palmeiras

Ainda conforme o advogado de Rony, as ofertas de Corinthians e Palmeiras são similares e giram em torno de 6 milhões de euros (aproximadamente R$ 25 milhões). Todavia, a diretoria e os representantes do atleta ainda se esforçam para alcançar um acordo sobre a divisão da quantia de uma eventual venda.

Essa diferença de quase 8,5 milhões de reais está dificultando a saída de Rony. O clube paranaense, por sua vez, entende que o jogador teria direito a receber 1 milhão de dólares (R$ 4,22 milhões). Em contrapartida, o advogado alega que existe um contrato entre Furacão e Rony que determina o recebimento de metade do valor.

Atacante Rony Athletico Paranaense

Crédito: Divulgação/Athletico Paranaense

O Furacão havia determinado a última sexta-feira, 24 de janeiro, como prazo final para as tratativas. No entanto, essa complicação com os representantes do jogador travou a conversa tanto com Corinthians quanto com Palmeiras. No meio disso, o Furacão até chegou a apresentar uma oferta de renovação com o jogador até 2023. A proposta foi rejeitada.

Com contrato até julho de 2021, Rony foi afastado do elenco principal e mandado para treinar com os jovens na equipe Sub-23. Esse time B, integrado por diversos jovens, disputa o Campeonato Paranaense. No entanto, o jogador não deve ser relacionado para as partidas oficiais do Estadual.

Reações dos clubes paulistas frente ao impasse

Oficialmente, o Corinthians chegou a alegar que não encaminhou nenhuma proposta oficial pelo atacante Rony e que se limitou a fazer sondagens. Já o Palmeiras intensificou as negociações nos últimos dias.

O novo executivo do departamento de futebol, Anderson Barros chegou a viajar até Curitiba (PR) a fim de sacramentar a negociação. Entretanto, o dirigente voltou para São Paulo sem uma posição definitiva.

Sendo assim, o Verdão decidiu que não tomaria mais qualquer medida referente a negociação e não aumentaria a oferta oficial. Portanto, o clube aguarda por uma posição oficial do Furacão, mas a percepção interna é que o jogador dificilmente deverá vestir a camisa verde na temporada 2020. Caso fosse anunciado, Rony seria o primeiro reforço para a temporada.

Negociação travada com o Flamengo

Além da confusão envolvendo o atacante Rony, o Athletico-PR também está enfrentando outra negociação delicada. Isso porque o zagueiro Leo Pereira estava na mira do Flamengo visando a substituição do defensor espanhol Pablo Mira.

O zagueiro do Rubro-Negro Carioca estava muito próximo de ser vendido para o Arsenal, da Inglaterra, por cerca de 10 milhões de euros (mais de 45 milhões de reais). No entanto, a falta de acordo ente os clubes pelo formato do negócio (venda ou empréstimo com obrigação de venda) travou toda a negociação.

Com o encerramento da janela de transferência marcado para o dia 31 de janeiro, a tendência atual é que Pablo Mari permaneça no Flamengo ao menos até a metade do ano. Portanto, a busca pelo jovem zagueiro do Furacão perde a sua prioridade. Já que o Flamengo já contratou o também zagueiro Gustavo Henrique, do Santos.

Em compensação, o Furacão encaminha os detalhes finais da venda do volante Bruno Guimarães ao Lyon, da França. O jogador deve ser vendido por cerca de 25 milhões de euros (aproximadamente R$ 125 milhões na cotação atual). Além da quantia, o Athletico ainda manterá uma fatia dos direitos econômicos do jogador.

Fundado em 18 de novembro de 2011, o Jornal PIRANOT é uma marca da Empresa Júnior Cardoso LTDA. Aqui, notícias de Piracicaba são prioridades. Confira tudo o que acontece de mais importante na cidade em tempo real. Jornalismo 24 horas de plantão.