Currently set to No Index
Connect with us

Brasil

Grêmio recebe sondagens na pandemia e aguarda ofertas para liberar André

Published

on

PORTO ALEGRE, RS (UOL/FOLHAPRESS) — O Grêmio recebeu sondagens por André, mesmo durante a pandemia do novo coronavírus, e com isso tem renovada a possibilidade de negociar o atacante. Fora dos planos de Renato Gaúcho, o jogador sequer está inscrito no Gauchão e Copa Libertadores. Aos 29 anos, o atleta tem contrato com o clube gaúcho até o final de 2021.

Grêmio

Foto: Divulgação.

Os contatos durante a paralisação do futebol são encarados pelo Grêmio como um sinal de que André pode sequer voltar aos treinos em Porto Alegre.

Dirigentes do clube mantiveram contato com o estafe do jogador nos últimos dias e reiteraram a possibilidade de liberação, mediante boa oferta. O clube gaúcho topa empréstimo e nos últimos dias também passou a admitir a chance de arcar com parte dos salários.

O Grêmio, mesmo sem ter André nos planos, não cogita rescindir o contrato e muito menos afastar o atleta dos jogos. O afastamento, na verdade, já ocorre. O ex-jogador de Santos, Corinthians e Atlético-MG não está inscrito nas competições que o Grêmio disputa desde janeiro.

A partida mais recente de André foi em novembro de 2019, contra o Flamengo, pela semifinal da Copa Libertadores. A eliminação traumática fez aumentar o tom das críticas ao jogador, que chegou a ser dado como saída certa na virada do ano. Sem acordo com interessados à época, o atacante fez pré-temporada em Porto Alegre e mantinha a rotina de treinos.

O Grêmio pagou cerca de R$ 10 milhões ao Sport, no primeiro semestre de 2018, para contratar André. No início do ano passado, um clube chinês fez oferta pelo atacante.