Currently set to Index
Currently set to Follow
Connect with us

Esporte

F1 corta GP Brasil do calendário 2020 por causa de surto de Covid-19 no país

Published

on

A Fórmula 1 decidiu que não haverá o Grande Prêmio do Brasil em 2020. Os motivos para a decisão foram o calendário apertado e o surto de coronavírus (Covid-19) no país. México e Estados Unidos também não vão receber as corridas desta temporada. As informações são da BBC.

Uma foto de um carro de Fórmula 1

Foto: Luis Gene / AFP

Os três países estão com alguns dos piores índices de infecção do mundo. Com isso, os organizadores da categoria disseram que seria irresponsável realizar provas nesses locais. As três corridas serão redirecionadas para a Europa. Nürburgring (Alemanha), Ímola (Itália) e o estreante autódromo de Algarve (Portugal) estarão no calendário.

O GP de Austin, no Texas, seria realizado no dia 23 de outubro. Uma semana depois, A Fórmula 1 viajaria para a Cidade do México. A corrida em Interlagos, em São Paulo, estava agendada inicialmente para 13 de novembro.

Em entrevista coletiva concedida no dia 10 de julho, o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), afirmou que a prova estava confirmada e que seria realizada com protocolos de saúde. “Entendemos como importante para o turismo. Para este ano está confirmada a Fórmula 1 e o autódromo [estará] preparado, evidentemente com os protocolos de saúde. E os organizadores já sabem”, afirmou em entrevista coletiva no Palácio dos Bandeirantes.