Doria recua e não anuncia novas medidas restritivas durante coletiva desta quarta (17)

Regras da Fase Emergencial, em vigor desde segunda-feira (15), continuam valendo

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), recuou e não anunciou na coletiva de hoje (17), novas medidas restritivas para a Fase Emergencial, em vigor desde segunda-feira (15). Doria havia informado na manhã desta quarta-feira que decretaria medidas ainda mais restritivas para evitar um ‘colapso’ pior no sistema de Saúde.

Foto: Governo do Estado de SP

Segundo o pronunciamento, porta-vozes do setor de Saúde do Governo Estadual defenderam que é preciso esperar para verificar os impactos das restrições que já foram adotadas.

Paulo Menezes, coordenador deste grupo de médicos e cientistas, defendeu que é preciso esperar para verificar os efeitos das regras adotadas desde segunda (15).

“Semana passada já foram tomadas medidas muito firmes e que impactam a vida da grande maioria da população de São Paulo, no ganha pão de cada um, e nós precisamos de algum tempo para poder observar o impacto dessas medidas. Nós estamos acompanhando e, ao mesmo tempo, estamos discutindo se houver necessidade de outras medidas, quais seriam essas medidas”, disse Menezes.

Informar Erro
Leia também