Conecte seu site To connect your site, add the meta tag below to the tag in your website's HTML and then enter the URL of your site in the field below. Learn more about connecting your site with Instant Articles. Wordpress plugin users Use 198240126857753 as the Page ID in the settings of the Instant Articles plugin for WordPress.

Bandidos praticam falso sequestro duplo em Piracicaba e leva família ao desespero

Filho foi informado que os pais estavam sequestrados e os pais, já idosos, de que ele estaria com os criminosos

O DEIC (Departamento Estadual de Investigações Criminais), do DEINTER 09, de Piracicaba, conseguiu impedir que a família de um casal de idosos caíssem em um golpe de falso sequestro na tarde de hoje (28). Os criminosos não foram localizados.

Foto: DEIC

Segundo nota enviada ao PIRANOT, o DEIC informou que a família do casal de idosos, após contato dos criminosos alegando estar com eles reféns, procurou ajuda no plantão policial. Os bandidos estariam pedindo R$ 50 mil para liberar as vítimas. Os idosos, ao mesmo tempo, também estavam falando com os bandidos, que alegavam estar com o filho deles sequestrado.

Ainda segundo a nota, durante a investigação, notou-se que “o criminoso que negociava o resgate, utilizava a linha de Whatsapp da idosa que estaria sequestrada. Analisando a conversa e áudios enviados pelo suposto sequestrador, observou-se algumas características típicas da fraude conhecida como “golpe do falso sequestro”.”, diz o documento.

O DEIC informou ainda que durante a ação, os golpistas exigiram que o casal realizasse depósitos e transferências de valores, além de permanecer na linha e ficar circulando de carro pela cidade, impedindo que os mesmos mantivessem contato com os familiares.

No desespero, o filho do casal, sem contato com os pais, passou a acreditar e iniciou uma “vaquinha” entre amigos e familiares, conseguiu R$ 10 mil, mas foi impedido pelo DEIC de efetuar o pagamento.

Uma operação policial foi montada e o casal acabou, depois de seis horas, localizado na Avenida Centenário pela Guarda Civil e encaminhado para a delegacia, onde reencontrou os familiares.

Informar Erro

- Continue depois do anúncio -

Leia também

“Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência. Ao utilizar nossos serviços, você concorda.” Prosseguir Mais detalhes