Bandidos praticam falso sequestro duplo em Piracicaba e leva família ao desespero

Filho foi informado que os pais estavam sequestrados e os pais, já idosos, de que ele estaria com os criminosos

O DEIC (Departamento Estadual de Investigações Criminais), do DEINTER 09, de Piracicaba, conseguiu impedir que a família de um casal de idosos caíssem em um golpe de falso sequestro na tarde de hoje (28). Os criminosos não foram localizados.

Foto: DEIC

Segundo nota enviada ao PIRANOT, o DEIC informou que a família do casal de idosos, após contato dos criminosos alegando estar com eles reféns, procurou ajuda no plantão policial. Os bandidos estariam pedindo R$ 50 mil para liberar as vítimas. Os idosos, ao mesmo tempo, também estavam falando com os bandidos, que alegavam estar com o filho deles sequestrado.

Ainda segundo a nota, durante a investigação, notou-se que “o criminoso que negociava o resgate, utilizava a linha de Whatsapp da idosa que estaria sequestrada. Analisando a conversa e áudios enviados pelo suposto sequestrador, observou-se algumas características típicas da fraude conhecida como “golpe do falso sequestro”.”, diz o documento.

O DEIC informou ainda que durante a ação, os golpistas exigiram que o casal realizasse depósitos e transferências de valores, além de permanecer na linha e ficar circulando de carro pela cidade, impedindo que os mesmos mantivessem contato com os familiares.

No desespero, o filho do casal, sem contato com os pais, passou a acreditar e iniciou uma “vaquinha” entre amigos e familiares, conseguiu R$ 10 mil, mas foi impedido pelo DEIC de efetuar o pagamento.

Uma operação policial foi montada e o casal acabou, depois de seis horas, localizado na Avenida Centenário pela Guarda Civil e encaminhado para a delegacia, onde reencontrou os familiares.

Informar Erro
Leia também