Currently set to No Index
Currently set to Follow
Connect with us

Notícias

Após decisão de Toffoli, juiz suspende ação que tornou Serra réu

Published

on

Após o presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), ministro Dias Toffoli, suspender investigações relacionadas ao senador José Serra (PSDB-SP) em São Paulo, o juiz federal Diego Paes Moreira decidiu nesta quinta (30) suspender também a ação da Lava Jato que acusa o tucano de lavagem de dinheiro.

uma foto do josé serra

Foto: Rovena Rosa / Agência Brasil

Moreira, que é da 6ª Vara Federal Criminal de São Paulo, havia aceitado a denúncia do Ministério Público Federal nesta quarta (29), logo após Toffoli decidir suspender as investigações.

Na nova decisão, o juiz afirma que tomou a decisão “por cautela”, apesar de a determinação de Toffoli não explicitar que o processo criminal contra Serra também deveria ser suspenso.

“Assim, em cumprimento ao quanto determinado pelo Supremo Tribunal Federal na Reclamação 42.355, suspenda-se o andamento dos presentes autos”, disse Moreira.

A denúncia da força-tarefa do Ministério Público Federal acusava Serra de usar cargo e influência política para receber da Odebrecht pagamentos indevidos em troca de benefícios relacionados às obras do Rodoanel Sul, na capital paulista. O senador nega ter cometido qualquer irregularidade.

Fora essa ação, houve duas operações contra Serra no último mês, que foram alvos da suspensão de Toffoli.

Uma delas foi a Operação Revoada, da Lava Jato de São Paulo, que fez busca e apreensão em imóveis ligados ao tucano e à sua filha, Verônica.

A outra apuração suspensa pelo presidente do Supremo é tocada pela Polícia Federal e pelo Ministério Público de São Paulo e tramita na Justiça Eleitoral de São Paulo. Nela, Serra é investigado sob suspeita de caixa dois nas eleições de 2014.