Como acontecem os sorteios das loterias?

Embora muita gente faça, diariamente, apostas nas loterias da Caixa, ainda é grande o número de apostadores que não sabe como funcionam os sorteios. Se você é uma dessas pessoas que gosta de apostar, mas não sabe como acontecem os sorteios das loterias, este artigo foi feito para você!

Como acontecem os sorteios das loterias?

Pensando numa forma de manter o sorteio das loterias o mais próximo possível aos cidadãos comuns, a Caixa Econômica Federal criou, em 15 de março de 1980, o Caminhão da Sorte.

O Caminhão da Sorte é um transporte que circula por quase todo o país, passando todos os dias por diferentes cidades e Estados. O sorteio das loterias Caixa acontecem dentro desse caminhão e, de certa forma, é sempre visível ao público.

Mas afinal, como Caminhão da Sorte vem às cidades?

Embora não haja uma regra fixa, vale mencionar que as cidades onde acontecerão os sorteios são definidas a partir de pedidos das Prefeituras, Superintendências Regionais da Caixa ou por entidades e autoridades representativas da comunidade. É justamente por conta disso que existe, sim, a possibilidade do Caminhão da Sorte estar em todos os lugares do Brasil.

O caminhão possui uma estrutura grande e completa, que permite a realização do sorteio. Tudo é feito por meio de um globo e bolinhas.

O sorteio das loterias

O globo é confeccionada, segundo a própria Caixa, com uso de tecnologia francesa. Já as bolinhas são confeccionadas em acrílico para garantir a transparência do funcionamento. Elas também possuem numeração: 01 vermelho; 02 amarelo; 03 verde; 04 marrom; 05 azul; 06 rosas; 07 preta, 08 cinza; 09 laranja e 0 branca. Além disso, as bolinhas passam regularmente por testes. Cabe ao Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia), o maior instituto de metrologia do país, garantir que todas as bolinhas tenham as mesmas dimensões e pesos. Isso é importante para que, por qualquer que seja a razão, nenhuma bolinha tenha mais ou menos chances de sair.

Antes de acontecer o sorteio, as maletas onde estão as bolas são conferidas por fiscais da Caixa Econômica Federal e pelo público presente para certificar que elas não foram abertas. Depois elas são retiradas e colocadas, em uma ordem específica, nos canos que serão conectados ao globo, antes de serem dirigidas para o globo.

Um funcionário da Caixa se comunica direto com a matriz em Brasília, recebe o aval para iniciar o sorteio, e aí tudo tem início. O globo começa a girar e as bolinhas se misturam.

Um controle é entregue a um voluntário que, quando preferir, aperta o botão. Esse botão abre uma caçapa pela qual somente uma bolinha descerá.

Cada número sorteado é dito pelo locutor em voz alta também.

Ao fim do sorteio, as bolinhas são colocadas na maleta e lacradas. Tudo fica lacrado até o próximo sorteio.

Informar Erro

- Continue depois do anúncio -

Leia também

“Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência. Ao utilizar nossos serviços, você concorda.” Prosseguir Mais detalhes