12º Salãozinho terá 207 desenhos em exposição

Se na mostra principal do 41º Salão Internacional de Humor de Piracicaba a Copa do Mundo foi tratada de maneira tímida, na 12ª edição do Salãozinho ela é uma das protagonistas. Não faltaram caricaturas de Neymar,  Felipão, Hulk e Fred, além de charges e cartuns sobre o tema. Na terça-feira, 12, os jurados se reuniram para escolher entre 2.600 desenhos enviados pelos estudantes de 7 a 14 anos,os 207 que serão expostos a partir do dia 23 deste mês, no Engenho Central. Os premiados também foram escolhidos, mas serão anunciados nas próximas semanas. O primeiro colocado de cada categoria – cartum, charge, caricatura e tiras – ganhará um iPad. Os segundos e terceiros lugares levam um kit de desenho profissional.

O Salão e o Salãozinho são realizados pela Prefeitura de Piracicaba, por meio da Semac (Secretaria Municipal da Ação Cultural) e CEDHU (Centro Nacional de Humor Gráfico), em parceria com a Secretaria Municipal da Educação e Diretoria de Ensino/Região de Piracicaba. O patrocínio é da Águas do Mirante, Unimed, Uniodonto, CCR Autoban, Natura, Arcor, Raízen e Arcelor Mittal.

“O Salãozinho de Humor, que esse ano chega a sua 12ª edição, é nossa verdadeira‘menina dos olhos’. Criado para despertar o lado cômico, estimulando acriatividade e o senso crítico em estudantes de 7 a 14 anos, nosso Salãozinhorecebeu nesse ano 2.600 trabalhos, dos quais 207 foram selecionados para compora mostra. Números muito positivos, que evidenciam a qualidade desse grandeevento”, afirma a secretária da Ação Cultural, Rosângela Camolese.

O júri foi formado por Célia Ribeiro de Aguiar (representante da Arcor), Marta Valeria ZemellaCalha  (representante da CCR-Autoban) e o arte-educador e consultor visual Danilo D’Angeli.  D´Angeli destaca que a política também foi um tema muito abordado pelos estudantes. É possível ver muitas caricaturas da presidente Dilma Rousseff. “Esse material pode ser usado como um termômetro para identificar a reflexão infantil, saber quem são os deuses deles,  que está morrendo para eles. As crianças são o para-raio da mídia que generaliza e massifica a informação”, analisa D´Angeli.

Para Marta, a missão de escolher foi desafiadora pela quantidade de trabalhos inscritos e também pela qualidade gráfica e dos textos presentes. “Os principais temas foram a Copa do Mundo e a questão política do momento. Também apareceram alguns trabalhos sobre a questão da falta de água”, observa ela, que destaca o estímulo dos professores no resultado final.

Eduardo Grosso, membro da comissão organizadora, concorda com Marta. “A gente percebeu que os professores conversaram com os estudantes e apresentaram a eles as categorias. Percebemos isso principalmente pelas charges, que mostram o mundo da política”, disse. “O Salãozinho vai continuar funcionando como um grande espaço de discussão. O mais importante é mostrar ao estudante que existe uma linguagem gráfica, bonita, com cor e que envolve também a questão intelectual e crítica”, acredita Grosso

 

HISTÓRICO

Este ano, graças a uma parceria com a concessionária Autoban, patrocinadora da iniciativa, foram distribuídas 16 mil cartilhas a escolas das redes municipal e estadual de ensino. As cartilhas tiveram como objetivo principal servir de ferramenta para que os professores colocassem em prática as orientações que receberam durante os encontros do curso Humor na Sala de Aula, que capacitou educadores para serem multiplicadores dessa linguagem. O treinamento dos professores foi feito pelo cartunista Willian Hussar e pela professora de educação artística e artista plástica Elisângela de Freitas Mathias, a Belê..

Com textos de fácil entendimento, a cartilha apresenta aos estudantes o Salão Internacional de Humor de Piracicaba e o Salãozinho de Humor. Desenhos de artistas premiados no Salão servem de exemplo para explicar as categorias – charge, cartum, caricatura e tirinhas/HQ – julgadas e premiadas no evento, que está entre os maiores do mundo.

SERVIÇO

12º Salãozinho de Humor de Piracicaba e 41º Salão Internacional de Humor de Piracicaba. Abertura dia 23 de agosto, no Engenho Central, Piracicaba. Informações e contato: (19) 3403-2615; (19) 3403-2620; (19) 3403-2621 e (19) 3403-2623. E-mail: [email protected]

 

 

Informar Erro
Leia também