“Amor â vida”: Pilar se revolta com demissão de Félix e cogita guerra contra César

Felix (Mateus Solano) deu adeus ao cargo e ao gordo salário de diretor administrativo do San Magno. Desempregado e humilhado, ele só pode voltar ao hospital depois que César (Antonio Fagundes) comprovar que o filho não fez mesmo nenhuma falcatrua. O problema é que Félix sabe que está mais sujo que pau de galinheiro e morre de medo de ser banido da família de uma vez por todas. Ao chegar em casa com o rabinho entre as pernas, ele chora suas pitangas com Edith (Bárbara Paz), Paloma (Paolla Oliveira) e Pilar (Susana Vieira).
Paloma promete interceder pelo irmão junto ao pai. E Pilar, mãezona que é, fica revoltada achando que o filho foi injustiçado por ser gay. Já Bernarda (Nathália Timberg) comenta que o neto nunca foi flor que se cheire. Mas Pilar insiste que o filhinho é inocente. “Se ele aprontou, a culpa é do César, que nunca foi um bom pai para o Félix, sempre protegeu a Paloma”, afirma. E ela avisa à mãe que está a um triz de se separar e partir para a guerra contra César.

Informar Erro

- Continue depois do anúncio -

Leia também

“Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência. Ao utilizar nossos serviços, você concorda.” Prosseguir Mais detalhes