Connect with us

Opinião

“Globo Repórter”: O gigante acordou…

Junior Cardoso

Published

on

Depois de anos com pautas fracas e frias, parece que a Globo decidiu dar um futuro e acordar o gigante, esquecido e apagado “Globo Repórter” apresentado por Sérgio Chapelin nas noites de sexta-feira.

Para quem acompanha TV, vem notando mudanças no jornalistico desde que Glória Maria passou a fazer reportagens para o programa, mas a maior delas aconteceu no começo desse segundo semestre quando em um passe de mágica as pautas que eram sempre mais do mesmo relacionadas á cultura, alimentação, saúde e remédios, passou a ter temas mais interessantes como por exemplo, o trabalho infantil e a nova família brasileira.

Com tudo, parece que o programa enxergou que ele tem que fazer pautas que agradem o grande público e não apenas uma pequena parcela da sociedade. Além disso, demorou, mas foi visto pela equipe do “Globo Repórter” que o país tem outros muitos assuntos interessantes para ser mostrados, debatidos e analisados.

Para o seu sucesso e para o agrado do público, o jornalístico deve continuar buscando pautas fortes com temas relevantes, levando em consideração os valores das notícias de uma emissora de televisão aberta com o objetivo de informar seu público com o que realmente é de seu interesse.

Espero que o gigante não volte a dormir, pelo menos não tão cedo.

Diretor, editor chefe e jornalista do PIRANOT. Começou a trabalhar em 2007, aos 14 anos, quando lançou seu primeiro blog na internet. Em 2011, criou o PIRANOT e fez parte, por três anos, de um programa da extinta TV Beira Rio. Estudou jornalismo na UNIMEP e assessoria de imprensa no SENAC. Fez estágio na Câmara de Vereadores e teve passagens por duas rádios de Piracicaba.

error: Este conteúdo está protegido por direitos autorais.