Connect with us

Televisão

Funcionários da Record choram ao serem demitidos no Rio

Published

on

Segundo o portal IG, alguns profissionais que tinham trocado a Globo pela Record estavam desesperados ao saber que foram demitidos hoje (3).
Já são mais de 400 demitidos só esse ano na sede da emissora no Rio e a onda de demissões deverá chegar á São Paulo nas próximas semanas.
Além da crise de audiência e poucos investimentos futuros em programação, a emissora estuda terceirizar a produção de novelas, programas e jornalismo.
A ideia vem sendo estudada e negociada com algumas produtoras, uma delas a Casablanca, a mesma que faz o “CQC” da Band.

As demissões apenas não atingem os atores, o restante do pessoal vem sendo dispensados.

Em nota, a Record disse que esses profissionais demitidos estavam sem função na emissora uma vez que a mesma não está produzindo nada além de “Dona Xepa”.
No mês passado, com o fim de “Balacobaco”, toda a equipe foi demitida no encerramento das gravações.

O sindicato dos jornalistas, rádio e TV vem estudando entrar com um pedido na justiça pedindo a anulação das demissões.

Diretor, editor chefe e jornalista do PIRANOT. Começou a trabalhar em 2007, aos 14 anos, quando lançou seu primeiro blog na internet. Em 2011, criou o PIRANOT e fez parte, por três anos, de um programa da extinta TV Beira Rio. Iniciou a graduação em jornalismo na Faculdade Isca, de Limeira, e, posteriormente, transferiu-se para a UNIMEP. Cursou assessoria de imprensa pelo SENAC e fez estágio na área na Câmara de Vereadores de Piracicaba. Até hoje teve passagens por duas rádios de Piracicaba.