Connect with us

Audiência

Amadorismo do SBT assusta

Junior Cardoso

Published

on

Foto: Reprodução / SBT

Foto: Reprodução / SBT

Mais uma vez o SBT choca seus fãs e imagine então a crítica e o mercado publicitário. Tentando salvar a audiência de suas manhãs, a emissora escalou na última semana, quase sem nenhum planejamento, a estreia de um novo telejornal.

Sem nenhuma novidade, com artes visuais tenebrosamente feias e ainda transmitido no formato de dela analógico, 4:9, estreou-se o “Primeiro Impacto” que só deixou ainda mais visível o atual amadorismo de uma das mais pioneiras emissoras de televisão do país.

O SBT escolheu e está seguindo a estrada errada. Pegou o rumo do fundo de quintal e nada, nada mais pode ser feito para impedi-lo de lá chegar.

Não dá para aprofundar no que errou o “Primeiro impacto” que estreou com apenas 2 pontos de audiência. Está tudo errado e não se salva, se avaliar bem, nem o figurino das apresentadoras. Está tudo errado. Cenário é o mais feio que conheço de todas as emissoras de TV abertas e a cabo deste país. Qualidade de imagem, deixa a desejar por não ser em HD e o conteúdo, não é atraente.

Do mesmo jeito que o SBT cresceu e conquistou o carinho do público inovando, se modernizando e oferecendo o melhor aos seus telespectadores, hoje vemos que ele faz tudo ao contrário. É necessário resgatar o velho SBT, urgente. Uma emissora desse tamanho não pode ser tão ruim assim. Seus fãs merecem respeito. Merecem serem ouvidos. A torcida já está muito, muito pequena. Muitos morreram afogados na esperança de uma melhora de programação. É necessária uma reavaliação de rota, um compromisso com a qualidade e a competitividade de mercado.

Diretor, editor chefe e jornalista do PIRANOT. Começou a trabalhar em 2007, aos 14 anos, quando lançou seu primeiro blog na internet. Em 2011, criou o PIRANOT e fez parte, por três anos, de um programa da extinta TV Beira Rio. Estudou jornalismo na UNIMEP e assessoria de imprensa no SENAC. Fez estágio na Câmara de Vereadores e teve passagens por duas rádios de Piracicaba.

error: Este conteúdo está protegido por direitos autorais.