Connect with us

Beleza

Brasileiro cria aplicativo que ensina e dá dicas de musculação

Junior Cardoso

Published

on

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Com um pé em Porto Alegre e outro em São Francisco, na Califórnia, está disponível para o sistema iOS a rede social criada pelo porto-alegrense Rudi Leismann voltada para o mundo fitness: o MyTraining. O app funciona como um Instagram segmentado para malhação e esportes, e traz também funcionalidades para amantes de musculação. É uma transposição da ficha da academia para o celular. O usuário pode, inclusive, consultar como os exercícios são feitos em vídeos explicativos.

“O aluno torna-se dono das suas informações, que antes eram só do personal ou da academia. Ele pode mudar de academia sem perder o trabalho que está sendo feito”, comenta Leismann.
O MyTraining tem usuários em mais de 70 países. Primordialmente, a equipe da rede social busca crescer mantendo a qualidade do serviço antes de expandir para os modelos Android. O app ainda possibilita que personal trainers tenham uma conta especial, mediante verificação. Com isso, podem divulgar o próprio trabalho, encontrar clientes e enviar tarefas. A ideia surgiu da necessidade pessoal de Leismann por uma solução que auxiliasse no treino. “O empreendedor tem de conhecer o que está falando”, diz ele, que aos 16 anos ganhou um campeonato nacional de levantamento de peso.
Após anos trabalhando na área financeira, Leismann foi para o Vale do Silício, nos Estados Unidos, aprender como poderia aprimorar o negócio. Conversou com investidores de empresas de renome, como o Facebook e LinkedIn.
Ele recomenda que o melhor jeito de aproveitar o Vale, num primeiro momento, é tentar marcar cafés com pessoas experientes para bater um papo e trocar informações. “Tem de ir para lá sem querer nada em troca inicialmente. Investimento é relacionamento, e isso não acontece de uma hora pra outra. Além do mais, o Silício tem uma mentalidade de comunidade, de passar experiências. Nisso o Brasil ainda é muito individualista.”
O mercado norte-americano é um dos focos principais do app, que tem estratégia toda trabalhada em inglês. A equipe do MyTraining é formada por cinco profissionais, todos eles radicados em Porto Alegre. Além do CEO, Leismann, Paulo Mello desenvolve toda a programação sozinho, Mateus Wink e Fernanda Scheffer Rolim, a linha de marketing e desenvolvimento de comunidade, e Luiz Konrad, o design.
Eles têm como advisor o executivo Naotake Murayama, empreendedor residente do centro de inovação da Toyota. Para Leismann, o desafio é manter o olhar ousado e o ritmo de trabalho com sabedoria. “O empreendedor tem de ter uma visão arrojada, mas uma execução humilde, um passo de cada vez”, define.
Com informações do site Geração E

Diretor, editor chefe e jornalista do PIRANOT. Começou a trabalhar em 2007, aos 14 anos, quando lançou seu primeiro blog na internet. Em 2011, criou o PIRANOT e fez parte, por três anos, de um programa da extinta TV Beira Rio. Estudou jornalismo na UNIMEP e assessoria de imprensa no SENAC. Fez estágio na Câmara de Vereadores e teve passagens por duas rádios de Piracicaba.

error: Este conteúdo está protegido por direitos autorais.