Currently set to Index
Currently set to Follow
Connect with us

Manchetes do dia

Confira as manchetes desta terça-feira, 28 de julho de 2020

Published

on

Bom dia! Vamos rodar a região para ver o que de mais importante está acontecendo?

Corpo

Uma foto de Elisângela Ribeiro

Foto: Reprodução

Também ontem, foi confirmado que um corpo de uma mulher encontrado em uma área de mata, em Araçariguama (SP), é de Elisângela Ribeiro, de 33 anos, que estava desaparecida e tinha sido vista pela última vez em uma região conhecida como ponto de tráfico de drogas, acompanhada de um homem, ainda não identificado.

Segundo a Guarda Civil, a confirmação de que o corpo é de Elisângela foi nesta segunda, porém o cadáver foi encontrado na estrada do bairro da Lagoa em avançado estado de decomposição. A família informou que, antes de sumir, a mulher deixou a filha, de oito anos, com o marido.

Quem estava com a arma?

Ontem te contamos aqui na coluna que um homem de 31 anos tinha morrido após disparar, acidentalmente, contra a barriga. A arma era de um advogado, que negou que teria emprestado o objeto para a vítima.

Na imagem, uma foto da vítima, de 31 anos

Foto: Reprodução

Ontem, o caso teve uma reviravolta. A mãe do homem decidiu falar:

“Quase na hora do sepultamento, um amigo dele, que estava lá no momento e viu, chegou até mim, me abraçou e eu perguntei para ele, queria saber a verdade. Ele me falou que ele [o advogado] levou a arma, estava bêbado, chamou meu filho para brincar de tiro ao alvo.

Meu filho deu dois tiros na lata, o cartucho estava até no bolso dele e ele [o advogado] pegou a arma na mão para recarregar e, como estava bêbado, ao pegar a arma, ao manusear, disparou um tiro na barriga do meu filho.

Quero que tudo seja retratado, que não seja dito como se meu filho tivesse se atirado ou tentado se matar, que ele não tinha motivo para isso”, disse Maria.

A Polícia Civil vai investigar o caso.

Que tragédia!

Uma menina de quatro anos morreu ontem em Santa Bárbara, cidade que faz divisa com Piracicaba, vítima de coronavírus. A mãe dela e o marido, também testaram positivo para a doença.

Leia também aqui no PIRANOT:


Piracicaba e Campinas

Céu claro com poucas nuvens. Mínima de 12° e máxima de 27°.

 

Diretor, editor chefe e jornalista do PIRANOT. Começou a trabalhar em 2007, aos 14 anos, quando lançou seu primeiro blog na internet. Em 2011, criou o PIRANOT e fez parte, por três anos, de um programa da extinta TV Beira Rio. Iniciou a graduação em jornalismo na Faculdade Isca, de Limeira, e, posteriormente, transferiu-se para a UNIMEP. Cursou assessoria de imprensa pelo SENAC e fez estágio na área na Câmara de Vereadores de Piracicaba. Até hoje teve passagens por duas rádios de Piracicaba.