COMDEMA tem inscrições abertas para o Prêmio Destaque Ambiental 2018

As inscrições poderão ser feitas até o dia 25 de abril

Foto: Divulgação.

O COMDEMA (Conselho Municipal de Defesa do Meio Ambiente de Piracicaba) está com inscrições abertas para a 19ª edição do Prêmio Destaque Ambiental. O prazo para as inscrições termina no dia 25 de abril.

Inscrição

Os interessados em participar desta edição, poderão acessar o regulamento clicando neste link. Para se inscrever, basta enviar o projeto para o e-mail [email protected] ou entregar uma via impressa (e outra digital) na sede do COMDEMA.

A sede está situada à Avenida Maurice Allain nº 77, bairro da Vila Rezende, em Piracicaba. O local funciona de segunda a sexta-feira, das 09h às 17h. O telefone do local é (19) 3417-9494.

Quem pode participar?

Cidadãos, empresas, organizações e instituições de ensino que tenham projetos concluídos ou em fase avançada de realização dentro do município de Piracicaba — com qualquer origem de capital, porte e setor de atuação, podem estar participando deste Prêmio Destaque Ambiental 2018.

Os interessados em participar têm de atender aos requisitos definido em regulamento elaborado pelo COMDEMA.

Qual o objetivo deste prêmio?

O objetivo desta premiação é reconhecer, destacar e incentivar as principais iniciativas socioambientais de cidadãos, empresas privadas e públicas, instituições de ensino e do terceiro setor.

O objetivo é premiar projetos voltados às questões ambientais e, principalmente, de proteção ao meio ambiente e à qualidade de vida no município.

Há quatro categorias de premiação:

  • Cidadão (pessoas físicas que realizam projetos voltados à preservação ambiental);
  • Empresa/Organização Pública (comércio, indústria, agronegócio, serviços e cooperativas e órgãos públicos);
  • Terceiro Setor (organizações não governamentais, entidades filantrópicas, fundações e outras formas de associações civis sem fins lucrativos);
  • Instituição de Ensino (escolas públicas e privadas de ensino infantil, fundamental, médio e técnicas, e instituições de ensino superior).

Premiação

A premiação dos vencedores será feita num evento especial agendado para o dia 08 de junho, às 19h, no auditório da ACIPI (Associação Comercial e Industrial de Piracicaba).

Dúvidas?

Dúvidas podem ser sanadas por telefone, através do (19) 3417-9494; ou então por e-mail, através do [email protected]

Acompanhe o Piranot

Quer saber o que acontece na cidade e região em tempo real? Então, clique aqui e baixe o nosso aplicativo para celular, nós te manteremos informado.

Por | 15/03/2018|

Até abril, país todo poderá estar recebendo alerta de desastres naturais via celular

Até abril deste ano, brasileiros de todo o país já poderão estar recebendo, através do celular, mensagens com alertas de desastres naturais previstos para a região onde moram. A novidade é uma medida preventiva para que as pessoas tenham tempo de agir em casos de desastres naturais.

Além de servir como um aviso, o serviço de alerta via celular aconselhará as pessoas de que maneira elas devem agir em caso de desastre.

O serviço — uma parceria da Agência Nacional de Telecomunicações (ANATEL) com as operadoras de telefonia — é totalmente gratuito e já vem sendo testado há mais de um ano.

Como as mensagens são enviadas para nossos celulares?

As mensagens são enviadas para nós por meio das Defesas Civis dos estados.

Todos estados brasileiros contam com agentes da Defesa Civil, que fazem, em tempo real, um mapeamento das áreas de riscos.

Quando algum desastre meteorológico estiver a caminho de algum local, eles já começarão a emitir mensagens de aviso.

Primeiro, as mensagens são enviadas ao CENAD (Centro Nacional de Gerenciamento de Riscos e Desastres), e de lá é transmitido à toda população por meio das operadoras de telefonia.

Sistema de alerta de desastres naturais:

Até o momento, 1,8 milhão de celulares já estão cadastrados no sistema.

Desde fevereiro, já foram enviadas à população 19.387 mensagens de alerta.

Como eu faço para cadastrar o meu celular e receber as mensagens?

Primeiro, você deve ver se o seu Estado já possui o sistema (confira a tabela abaixo).

Depois, basta enviar o CEP de sua residência por SMS para o número 40199. Pronto! Já está cadastrado!

Para se inscrever, não é necessário possuir crédito nem internet. Além do mais, o serviço é totalmente gratuito.

Testes

Os testes de funcionamento ocorreram em Santa Catarina e Paraná, durante seis meses do ano passado. Por meio de 25 cidades testadas, 500 mil usuários receberam notificações de teste.

Em algumas cidades desses Estados, o alerta de desastre natural chegou ao celular da população três horas antes, dando tempo de todos se prepararem.

Apesar do sistema ser maravilhoso e digno de aplausos, “pode ser que ocorra alguns alertas incorretos”, diz Eduardo Macedo, geólogo do IPT (Instituto de Pesquisas Tecnológicas de SP). Isso poderá acontecer, pois o foco do alerta é macro, para toda a região, e não micro, para ruas e residências em específico.

Até abril, o país todo poderá estar recebendo alerta de desastres naturais via celular.

O PIRANOT / PORJUCA tem mais notícias. Para continuar lendo, clique aqui e acesse a nossa página inicial.

E não se esqueça também de baixar aqui o nosso aplicativo para celular, só assim você receberá notícias importantes da cidade em tempo real.

Por | 26/01/2018|

Jibóia é encontrada às margens de represa em Brotas, região de Piracicaba

Foto: Gustavo Alves de Oliveira / PIRANOT

Uma cobra de aproximadamente um metro foi achada as margens da represa do Patrimônio, em Brotas (SP). Ela foi capturada por um morador local e devolvida para a natureza, longe dos banhistas.

Segundo Aldair, ex-funcionário do Instituto Butantan de São Paulo, atualmente morador do distrito de São Sebastião, o animal é da espécie jibóia (Boidae) e apareceu tentando atravessar uma rua do local. Ele a pegou com as mãos e levou ao seu habitat natural.

Foto: Gustavo Alves de Oliveira / PIRANOT

De acordo ainda com o morador local, essa espécie de cobra não é peçonhenta, mas ao morder alguém pode machucar e infectar a vítima com bactérias que possuem nos dentes.

O animal pode chegar, quando adulto, a até dois metros de cumprimento.

Foto: Gustavo Alves de Oliveira / PIRANOT

Alerta

Aldair disse para a reportagem que nas últimas semanas tem encontrado diversos animais deste tipo próximo da represa. Um perigo aos banhistas que devem redobrar a atenção no local.

Foto: Gustavo Alves de Oliveira / PIRANOT

Por | 08/01/2018|

Filhote de onça parda é a nova moradora do Zoológico de Piracicaba

Foto: Divulgação

O Zoológico de Piracicaba recebeu ontem (06), um filhote de puma, popularmente conhecido como onça parda, de cinco meses de idade. O animalzinho veio de Belo Horizonte, Minas Gerais, depois de ter sido resgatado de uma queimada. Segundo o diretor do Zoológico, o veterinário Thiago Vilalta, a mãe provavelmente fugiu durante a queimada e se perdeu do filhote.

Vilalta explicou que este filhote, pelo seu histórico, não tem como ser reintroduzido na natureza. “Normalmente, eles aprendem a caçar com a mãe e este animalzinho não teve tempo de aprender e não teria condições de sobreviver sozinho”, disse.

Ainda em Belo Horizonte, o filhote ficou em quarentena, passou por uma bateria de exames e recebeu vacinas. Seu estado de saúde é bom. Ele foi transportado para Piracicaba por um veículo do Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis).

O puma é um animal originário da América do Sul. “Ele é primo do puma americano. Quando os continentes se separaram, ficou o puma americano para lá e nosso puma para cá, mas é o mesmo animal”, informou Vilalta.

O felino está na lista dos animais ameaçados de extinção. “Isso ocorre justamente por ser uma espécie que depende os ensinamentos que são passados pela mãe para que ele possa aprender a caçar e a se alimentar. Na verdade, ele é um gatão, diferente de outros felinos (tigre, leão), que já têm o instinto aflorado. Por isso é comum vê-lo nos arredores das cidades, em busca de presas, como cachorros pequeno, bezerro, galinha e coelho, entre outros animais”, observa.

O pequeno puma e os mais de 380 outros animais, de 101 espécies, do Zoo podem ser vistos amanhã, feriado, já que o espaço fica aberto à visitação. O Zoo fica na avenida Marechal Castelo Branco, 426, Jardim Primavera, e funciona de terça a domingo, das 9h às 16h. Mais informações pelo telefone: (19) 3421-3425.

Por | 07/12/2017|

Depois de temporal, rio Piracicaba sobe um metro

Foto: Rodrigo Morgado / Você no PIRANOT

Após o temporal que caiu em Piracicaba, o rio de mesmo nome da cidade subiu quase um metro em menos de duas horas.

Segundo o DAEE (Departamento de Águas e Energia Elétrica), o manancial encontrava-se às 16h30 da tarde ontem (17), antes da chuva, com 1.33 metros de profundidade e vazão de 49.23 m3/s. O número saltou para 2.3 metros de profundidade e 134.62 m3/s depois de duas horas quando ainda chovia.

Foto: Rodrigo Morgado / Você no PIRANOT

Mesmo sendo números altos, o rio não se encontra perto de nenhum estado de atenção ou alerta.

Às 10h50 deste sábado, a profundidade havia caído para 1.76 metros e a vazão para 80.2 m3/s.

Por | 18/11/2017|

Rio Piracicaba recebe intervenção educadora com atividades culturais e ambientais

Foto: Divulgação

Acontece no próximo sábado, (21), das 16h às 19h, em frente ao Largo dos Pescadores, em Piracicaba, às margens do manancial que dá nome à cidade, a intervenção educadora “Vai Dar Praia”. O objetivo é mostrar como seria o Rio Piracicaba caso suas águas estivessem despoluídas e apropriadas para uso da população, por meio de atividades culturais e ambientais. A participação é gratuita e aberta ao público.

A realização é da OCA (Laboratório de Educação e Política Ambiental), da Esalq/USP, que promove o curso de especialização em Educação Ambiental e Transição para Sociedades Sustentáveis, em parceria com Anônimos da Dança, Articulação Regional de Agroecologia de Piracicaba – ARAPira, Coletivo Piracema, Tempo D Comunicação e Cultura, Empório Produções Culturais, Grupo de Teatro Ronaumrose, Levante Popular da Juventude, Maracatu Baque Caipira, Sindicato dos Trabalhadores da USP – SINTUSP e Vila Feito à Mão.

Foto: Divulgação

O evento reunirá diversas instalações, como varal dos sonhos, slackline e homenagem aos Bonecos do Elias, símbolo da cultura piracicabana. Está programado ainda um mutirão de plantio agroflorestal de frutíferas, danças circulares e regionais, teatro e apresentações musicais. Haverá uma roda de conversa sobre o Plano Municipal de Recursos Hídricos de Piracicaba e hortas urbanas.

“Todos estão convidados para trazer sua voz e seu grito em defesa do Rio Piracicaba e da nossa cidade e região. Todo mundo junto manifestando o desejo por um mundo melhor”, afirma o professor da USP e coordenador da Oca, Marcos Sorrentino.

Por | 18/10/2017|

Capivaras sentem dificuldade em se refrescar no rio Piracicaba

Foto: Gustavo Alves de Oliveira / PIRANOT

O fotografo do PIRANOT, Gustavo Alves de Oliveira, flagrou na tarde desta quarta-feira (27), capivaras tentando se refrestar no rio Piracicaba. A baixa vazão do manancial atrapalhou.

As fotos foram feitas da Avenida Renato Wagner, no bairro São Judas, próximo ao Clube de Campo.

Ao todo, três capivaras tentaram mergulhar no rio, mas devido a pouca água e muitas pedras, encontraram dificuldades para serem cobertas e mergulhar.

Os termometros nesta tarde, em algumas regiões de Piracicaba, chega a 34°.

Veja mais fotos:

Foto: Gustavo Alves de Oliveira / PIRANOT

Foto: Gustavo Alves de Oliveira / PIRANOT

Foto: Gustavo Alves de Oliveira / PIRANOT

Foto: Gustavo Alves de Oliveira / PIRANOT

Por | 27/09/2017|

Vereador sugere desconto no IPTU para quem cuida da natureza em Piracicaba

Foto: Divulgação

O vereador Paulo Henrique Paranhos Ribeiro (PRB) reuniu-se com o prefeito Barjas Negri (PSDB), no Centro Cívico, nesta segunda-feira (25), para discutir demandas da população e tratar da proposta, encaminhada pelo parlamentar ao Executivo por meio de indicação, para a implantação, no município, do programa de incentivo e desconto denominado “IPTU Verde”.

De acordo com a indicação enviada para análise do Executivo, o objetivo do “IPTU Verde” é fomentar medidas que preservem, protejam e recuperem o meio ambiente, mediante a concessão de benefício tributário aos contribuintes, incentivando-os ao uso de tecnologias sustentáveis.

Paulo Henrique observou que, “nos últimos anos, muitos debates sobre o desenvolvimento sustentável têm sido realizados, abordando maneiras de suprir as necessidades da atual geração sem comprometer os recursos daquelas que a sucederão”. “O desenvolvimento sustentável busca o uso racional das matérias-primas e dos produtos”, afirmou o parlamentar.

“Nesse sentido, não poderíamos desprezar as edificações que são responsáveis pelo consumo de parcela significativa de recursos naturais. Torná-las sustentáveis é um processo que envolve muitos conceitos, tais como eficiência energética, aproveitamento de luz solar, reuso da água, aproveitamento da água da chuva e escolha de materiais apropriados às condições climáticas, entre outros”, argumentou Paulo Henrique.

Barjas Negri assumiu compromisso junto ao parlamentar de que encaminhará proposta ao Legislativo, sobre o tema, para análise das comissões e dos vereadores.

Por | 26/09/2017|

Sem chuva, rio Piracicaba continua em estado crítico

Foto: Gustavo Alves de Oliveira / PIRANOT

Continua crítica a situação do rio Piracicaba. Os repórteres Júnior Cardoso e Gustavo Alves de Oliveira, ambos PIRANOT, visitaram o manancial ontem (22), e encontrou uma situação que há muito tempo não se via.

Além de pedras e ilhas de areia, a queda de água do Mirante praticamente secou. Perto da entrada de barcos, uma grande poça de água parada e esverdeada se formou e tem atraído mosquitos.

Na região do Bongue, Nova Piracicaba e Algodoal, pescadores usam as ilhas que se formaram para tentar pescar. Há bastante peixe tentando sobreviver. A qualidade da água está, aparentemente, melhor que nos últimos anos quando a mesma descia com mais esgoto jogado ‘in natura’ pelas cidades anteriores.

Com o rio sofrendo com a seca, caiu o número de turistas na Rua do Porto gerando dificuldades para os comerciantes.

Segundo o DAEE (Departamento de Águas e Energia Elétrica), o manancial está mantendo cerca de 1 metro de profundidade próximo ao Casarão do Turismo. A vazão continua em 20 m3/s.

Os institutos de meteorologia divergem em relação a data de quando vai chover em Piracicaba. Alguns apontam para segunda e quarta-feira (27), outros para só depois do dia 30. Vale a pena lembrar que eles tem errado com frequência a previsão. Havia a possibilidade de que as chuvas começassem neste final de semana, mas a probabilidade disso ocorrer é de apenas 20%, conforme vem informando o PIRANOT.

Veja as fotos que fizemos durante a nossa visita:

Foto: Gustavo Alves de Oliveira / PIRANOT

Foto: Gustavo Alves de Oliveira / PIRANOT

Foto: Gustavo Alves de Oliveira / PIRANOT

Foto: Gustavo Alves de Oliveira / PIRANOT

Foto: Gustavo Alves de Oliveira / PIRANOT

Foto: Gustavo Alves de Oliveira / PIRANOT

Foto: Gustavo Alves de Oliveira / PIRANOT

Foto: Gustavo Alves de Oliveira / PIRANOT

Foto: Júnior Cardoso / PIRANOT

Foto: Júnior Cardoso / PIRANOT

Foto: Júnior Cardoso / PIRANOT

Foto: Júnior Cardoso / PIRANOT

Foto: Júnior Cardoso / PIRANOT

Foto: Júnior Cardoso / PIRANOT

Foto: Júnior Cardoso / PIRANOT

Foto: Júnior Cardoso / PIRANOT

Foto: Júnior Cardoso / PIRANOT

Foto: Júnior Cardoso / PIRANOT

Foto: Júnior Cardoso / PIRANOT

Foto: Júnior Cardoso / PIRANOT

Foto: Júnior Cardoso / PIRANOT

Foto: Júnior Cardoso / PIRANOT

Foto: Júnior Cardoso / PIRANOT

Foto: Júnior Cardoso / PIRANOT

Foto: Júnior Cardoso / PIRANOT

Foto: Júnior Cardoso / PIRANOT

Por | 23/09/2017|

Atração turística, Canal do Mirante é limpo pela Prefeitura de Piracicaba

Foto: Eleni Destro/CCS

A Prefeitura de Piracicaba realizou a limpeza da comporta do Canal do Mirante, localizada no rio Piracicaba, na região do Shopping. O trabalho foi realizado por equipes da Secretaria Municipal de Defesa do Meio Ambiente (Sedema), Semae (Serviço Municipal de Água e Esgoto) e Defesa Civil. Foram retirados dois caminhões de material arenoso, além de muito lixo, como garrafas PET e galhos de árvores.

O Canal foi criado para desviar a água para dentro do Engenho Central, construído em 1881 pelo Barão de Resende. A água servia para movimentar maquinário e também para o resfriamento de alguns processos. O curso d´água passa por dentro do Parque do Mirante e desemboca novamente no rio Piracicaba. Sua vista da avenida Beira Rio é uma das preferidas de piracicabanos e turistas. Muitos o chamam, equivocadamente, de Véu da Noiva. Na verdade, a região do salto do rio, onde se forma uma bruma pelo movimento das águas, é o verdadeiro Véu da Noiva.

De acordo com Ludmar Romanini, engenheiro responsável pelo setor de Gerenciamento de Resíduos da Sedema, a limpeza do canal é realizada a cada três meses, já que o volume de lixo e de outros detritos é grande. “A população precisa se conscientizar e parar de jogar lixo no rio e em outros locais inadequados”, ressalta.

Além dos detritos, o escoamento da água pelo canal ficou ainda mais prejudicado pela estiagem do Piracicaba. Sem chuvas há mais de dois meses, o rio está com 1,26 metro de profundidade e vazão de 34,99 m³/s (metros cúbicos por segundo), quase 30% abaixo do normal para o mês de agosto, segundo informações do DAEE (Departamento de Águas e Energia Elétrica do Estado de São Paulo).

Mesmo com a falta de chuvas, a limpeza realizada hoje já surtiu efeito. Ainda durante a manhã já foi possível ver uma quantidade maior de água descer pelo canal.

Por | 13/08/2017|

Semana do Meio Ambiente é aberta com plantio de árvore no zoológico de Piracicaba

Foto: Divulgação

O prefeito Barjas Negri e o secretário de Defesa do Meio Ambiente, José Otávio Menten, abriram oficialmente a Semana do Meio Ambiente 2017, ontem (05), no Museu do Núcleo de Educação Ambiental (NEA), no Zoológico Municipal/Paraíso da Criança. Os vereadores Osvaldo Schiavolin e Isac Souza, além de Sérgio Camarda, vice-presidente do Instituto Vida, parceiro da Prefeitura de Piracicaba na realização do evento, também participaram do evento que segue até o dia 10/06. Para marcar o início das atividades, as pessoas presentes no evento plantaram uma muda de alecrim-de-campinas no Paraíso da Criança.

“É muito importante que tenhamos uma semana na qual as atividades e discussões sobre a preservação do meio ambiente sejam intensificadas. Gostaria que todos participassem e estimulassem os outros a participarem das ações”, convidou Barjas.

Menten lembrou que essa semana tem o objetivo de conscientizar e de fazer com que cada vez mais pessoas ingressem com vigor nesse trabalho de preservação, que melhora a cidade. “O objetivo é sermos modelo, como já temos visto em diversas áreas, como na de arborização e de destinação de resíduos, com a Central de Tratamento de Resíduos (CTR), que é referência nacional. Com isso podemos continuar nesse trajeto de prestar um serviço cada vez melhor para os piracicabanos”, disse Menten.

PROGRAMAÇÃO – Após a abertura, aconteceu a palestra Zoológico e Suas Contribuições para a Conservação da Fauna e para Educação Ambiental, também no Museu do Núcleo de Educação Ambiental (NEA). Para as 11h estava marcado o plantio de árvores na Praça da Paróquia São José, no distrito de Tupi, com a participação de alunos, professores, diretores e funcionários da Escola Estadual Pedro de Mello. Por conta da chuva, essa atividade foi adiada e uma nova data será remarcada.

De hoje a sábado, acontece a exibição de filmes com temáticas ambientais no Centro Cultural Antônio Pacheco Ferraz, na Estação da Paulista, à avenida Dr. Paulo de Moraes, 1580, na Paulista.

No dia 9 de junho, haverá o lançamento de projetos ambientais acerca do reúso da água, horta, compostagem, plantio de árvores e recuperação de nascentes, nas escolas estaduais de Piracicaba, parceria da Diretoria Regional de Ensino com o Instituto Vida.

Foto: Divulgação

DESTAQUES – Nos dias 10, 17 e 24 de junho, ações culturais paralelas ocorrem na cidade. No dia 10, sábado, entre as atividades, destaca-se o 31º plantio de árvores do Programa Plante Vida – Nascemos Juntos para Viver, projeto com mais de 50 mil árvores plantadas em parceria com as três maternidades: Unimed Piracicaba, Santa Casa de Piracicaba e Hospital dos Fornecedores de Cana (HFC). O evento será às 9h, na área verde do Jardim São Miguel, à rua José Rosário Losso, 87, no Castelinho.

Outro destaque é a Caminhada Ecológica, também no sábado (10/06), a partir das 16h30. A concentração e largada acontecem na avenida Renato Wagner (atrás do Lar dos Velhinhos) e a chegada na Praça da Paz, no Parque da Rua do Porto, com show da Banda Cantoá, às 18h.

Também nos dias 10, 17 e 24 de junho, acontece a exposição Bioartística de Ciências Naturais Natureza em Blocos, dos acervos da Empresa de Inteligência Ambiental e Social (EIAS). A mostra estará no Museu do Núcleo de Educação Ambiental (NEA), no Zoológico Municipal, das 10h às 16h.

A Prefeitura e a Sedema têm ainda como parceiros as secretarias municipais de Esportes, Lazer e Atividades Motoras (Selam) e da Ação Cultural e Turismo (SemacTur), Serviço Municipal de Água e Esgoto (Semae), Comissão de Eventos Cívicos da Prefeitura e Comissão de Meio Ambiente da Câmara de Vereadores. O Serviço Social do Comércio (Sesc) e Neptune Produções apoiam a semana.

Por | 06/06/2017|

Exposição “Pescador de Imagens” revela ângulos diferentes do rio Piracicaba

Foto: Helder Prado

A Prefeitura recebe, de 05 a 23 de junho, no térreo 1 do prédio, a exposição fotográfica Pescador de Imagens, de Helder Prado, servidor municipal lotado no Cerest (Centros de Referências Especializado em Saúde do Trabalhador ). A exposição, que conta com 50 fotos do rio Piracicaba, integra a programação da Semana do Meio Ambiente, realizada pela Secretaria Municipal de Defesa do Meio Ambiente (Sedema) em parceria com a Secretaria de Administração, e dos 250 anos de Piracicaba.

A instalação das fotografias foi feita sobre uma tarrafa, como se as imagens fossem os peixes. “A intenção da exposição é jogar luzes sobre a beleza do rio, não tirando o foco da importância da preservação para que ele continue lindo”, revela Prado.

Foto: Helder Prado

Para o secretário municipal de Administração, Erotides Gil Bosshard, nada melhor que o símbolo maior do município para comemorar duas coisas tão importantes. “O rio, símbolo da cidade, é ideal para falarmos de duas coisas importantes: o meio ambiente e os 250 anos de Piracicaba”.

Foto: Helder Prado

A exposição é gratuita e aberta ao público em geral. O horário de expediente ao público da Prefeitura é das 8h30 às 16h30.

Por | 06/06/2017|
Carregar mais conteúdo