Júnior, da Qualicorp, depõe nesta quarta na investigação de caixa dois de Serra

O empresário José Seripieri Filho, o Júnior, fundador da Qualicorp, irá depor nesta quarta-feira (22), às 14h, na sede da Polícia Federal em São Paulo. Júnior foi preso na manhã desta terça (21), numa operação que investiga irregularidades relacionadas à campanha eleitoral de José Serra de 2014, quando ele foi eleito senador por São Paulo. A prisão é temporária. Saripieri foi alvo também de uma operação de busca e apreensão em sua casa.

Uma foto do senador José Serra
Foto: Divulgação.

O depoimento do empresário será acompanhado de seu advogado, Celso Vilardi. Em nota divulgada nesta terça, Vilardi ​afirmou que a prisão de Júnior foi injustificável. Segundo o advogado, não havia qualquer motivo para uma medida tão extremada. Ainda segundo ele, Júnior não foi acusado, nas delações que serviram de base para a operação, de ter feito doações não contabilizadas.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

De acordo com Vilardi, o que consta é um mero pedido de doação do empresário. A decisão de fazer a doação e a forma como ela foi feita foram decisões dos colaboradores. Para ele, não há o que justifique medida tão grave.

Leia também:

José Serra chama operação da PF de ‘espetacularização’ e diz que nunca foi ouvido sobre o caso

Informar Erro

- Continue depois do anúncio -

Leia também

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento.

Prosseguir