Prefeito e secretário visitam sistema que propõe diminuição de pombos na praça

O prefeito Gabriel Ferrato e o secretário de Defesa do Meio Ambiente Rogério Vidal, visitaram recentemente a Praça José Bonifácio, para avaliar o sistema de iluminação com holofotes, que propõe a redução de pombos e os incômodos causados pelos excrementos da ave, melhorando a limpeza da praça. Normalmente, além da varrição, tem sido necessária a lavagem diária com caminhão-pipa da empresa Piracicaba Ambiental para a higienização do lugar.

Foram instalados inicialmente, próximo ao parque infantil (onde foram podadas oito árvores e instalado piso emborrachado) três holofotes com lâmpadas de vapor de sódio. Com esse sistema, o objetivo é que os pombos busquem à noite outro lugar para acomodação, sem prejudicar as aves. As luzes são amarelas que imitam a radiação solar. Depois da poda geral, que está sendo realizada na praça, a Sedema deverá instalar mais três holofotes na próxima semana.

Além destas medidas, a Sedema continua orientando que não se deve oferecer alimentos aos pombos, para que eles busquem em áreas nativas. Não se aproximando do meio urbano, eles também não se reproduzem de forma desordenada. Vale lembrar que um casal pode gerar até quatro ninhadas por ano. A segunda recomendação é não deixar as aves construam ninhos em forros, muros, telhados e sacadas. Esses espaços são convidativos à espécie.

 

Exemplo de Araraquara
Segundo informações do biólogo João Henrique Barbosa, funcionário da Secretaria de Meio Ambiente de Araraquara, ali foram instalados quatro refletores no parque. Eles foram sendo testados de diversas maneiras, até obterem os primeiros resultados.

De acordo com o biólogo, esta medida tem como objetivo afugentar os pássaros sem causar danos à espécie. A iniciativa tem o apoio do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama)”. Da mesma forma que Piracicaba, a busca lá surgiu após constantes reclamações sobre a sujeira causada pelas aves. Após os testes iniciais, o resultado já começou a aparecer.

As luzes são acesas por volta das 16h30, quando há uma revoada após a busca por alimentos em terrenos baldios. “Instalamos alguns refletores ‘teste’, para avaliar itens como o melhor horário de funcionamento, a intensidade das lâmpadas e a altura dos postes. Nossos resultados preliminares indicam que o teste obteve sucesso.

Segundo os técnicos de Araraquara: os pombos não são os “vilões” da história. “O excesso deles é um problema ambiental dos tempos modernos. Estamos tentando consertar um problema ambiental”, disse. Apesar da redução inicial dos bandos, o projeto prevê metas a médio prazo. A avaliação completa só deve ser concluída no final deste ano.

A exemplo do que foi realizado em Araraquara, os técnicos da Sedema deverão realizar testes para acompanhar o desempenho e a eficácia dos equipamentos.

 

Poda geral na praça José Bonifácio

Há duas semanas, a Sedema executou uma poda pontual na praça Jose Bonifácio, dando início à primeira etapa do projeto de instalação de refletores. Agora o Núcleo de Arborização da Sedema iniciou hoje (27) uma ação de poda em toda praça. O serviço teve início às 7 horas da manhã e se estender até 10 horas da manhã, horário de abertura dos bancos, para evitar riscos com os transeuntes.

Normalmente em lugares com grande fluxo de pessoas, como é o caso da praça José Bonifácio, os horários do serviço são programados função da compatibilidade com os equipamentos urbanos, de modo a interferir minimamente na rotina das pessoas.

Amanhã (28) o serviço na Praça deverá continuar. Além das podas, duas árvores deverão ser substituídas, um mirindiba rosa e uma eritrina. Segundo os técnicos que fizeram a vistoria prévia, estas duas espécies apresentaram problemas fitossanitários com risco eminente de queda.

Informar Erro
Leia também