Homem que esfaqueou e matou passageiros de ônibus em Piracicaba é transferido ao CDP

Homem que esfaqueou e matou passageiros de ônibus em Piracicaba é transferido ao CDP

O homem de 52 anos que esfaqueou seis pessoas e matou três delas dentro do ônibus da linha 444 do transporte coletivo em Piracicaba (SP), por volta das 15h desta terça-feira (21), teve a prisão em flagrante convertida em prisão preventiva e foi transferido ao Centro de Detenção Provisória (CDP) da cidade. A audiência de custódia ocorreu na manhã de hoje (22).

Foto: Wagner Romano / PIRANOT

As três vítimas fatais são Adriana Coelho da Silva, de 42 anos; Roseli Ramalho Ferreira, de 55 anos; e Valdemar da Silva Venâncio, de 68 anos. Roseli era funcionária do Sindicato dos Trabalhadores Metalúrgicos de Piracicaba e Região. A entidade divulgou uma nota de pesar em rede social e decretou luto de dois dias.

“O Sindicato dos Trabalhadores Metalúrgicos de Piracicaba e Região comunica a todos que a Sede (Rua Prudente de Moraes, 914, centro) e o Clube recreativo (Av. Dois Córregos, 3110) estarão fechados nos dias (21/06) e (22/06), por motivo de luto, em decorrência do falecimento da funcionária Roseli Ramalho. Manifestemos nossos sentimentos de pesar e solidariedade a toda família e amigos”, disse em nota.

Das outras três vítimas esfaqueadas durante o ataque, uma delas é um jovem de 28 anos que está em estado grave e a outra é uma idosa de 60 anos que está em estado estável, segundo o último boletim médico do Hospital dos Fornecedores de Cana de Piracicaba. Já uma idosa foi socorrida com crise nervosa para uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da rede municipal.

O ataque

O indivíduo entrou em um ônibus armado com uma faca e esfaqueou seis pessoas. O ônibus fazia a linha Sônia/Centro e tinha acabado de deixar o Terminal Central de Integração (TCI) e seguia pela Avenida Armando Salles de Oliveira. O ataque ocorreu por volta das 15h.

As três vítimas fatais morreram ainda no local. O tempo de resposta da Polícia Militar ao atentado foi de apenas três minutos. O indivíduo foi preso em flagrante e a motivação do crime é incerta.

Os corpos das vítimas fatais ficaram no local até passarem por perícia. Todo efetivo do Samu e do Corpo de Bombeiros trabalharam na ocorrência. O Baep, Polícia Militar, Polícia Civil, Guarda Civil e outras autoridades também estiveram no local.

O indivíduo é natural de Pernambuco e morador de Piracicaba e segundo a delegada Juliana Ricci, da Divisão Especializada em Investigações Criminais (Deic), ele já tinha uma passagem pela polícia. A faca utilizada no crime foi encontrada dentro do ônibus e passará por perícia.

Nota TUPi

Em nota, a concessionária TUPi Transporte, responsável pelo transporte público na cidade, manifestou apoio e solidariedade às vítimas e seus familiares.

“A TUPi Transporte, com profunda tristeza, manifesta apoio e solidariedade às vítimas e seus familiares da tragédia acontecida na tarde desta terça-feira, 21, na Linha 444 – Sônia/ centro. Informações indicam que uma pessoa atacou deliberadamente quem estava em sua frente com uma faca vitimando pessoas e ferindo outras causando pânico generalizado. O homem foi preso e a TUPi está acompanhando o caso e em contato com as autoridades locais e a prefeitura municipal”.

As vítimas fatais Roseli Ramalho Ferreira, de 55 anos, Valdemar da Silva Venâncio, de 68 anos, e Adriana Coelho da Silva, de 42 anos – Foto: Reprodução
Foto: Wagner Romano / PIRANOT
Foto: Wagner Romano / PIRANOT
Foto: Wagner Romano / PIRANOT
Foto: Baep
Foto: João Vitor / PIRANOT

Informar Erro

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo.

Leia também