Pai é acusado de matar bebê por se irritar com choro

Pai é acusado de matar bebê por se irritar com choro

Um jovem de 18 anos foi preso ontem (20), após confessar ter jogado a filha de oito meses contra a parede. Ela morreu. O caso foi em Piedade (SP).

Segundo a Polícia Civil, o criminoso e a esposa, também de 18 anos, disseram que foram em uma festa onde o agressor teria ingerido bebida alcóolica. Ao chegar em casa, eles foram tomar banho.

Ainda segundo a polícia, o acusado saiu primeiro do banho e teria se irritado com o choro da bebê, momento em que a arremessou contra a parede. A mulher disse para a polícia que, quando saiu do banho, encontrou a filha no berço com o corpo mole e sangramento nas partes íntimas.

Diante dos fatos, o casal alega ter levado a vítima para a Santa Casa da cidade onde ela deu entrada com hematomas pelo corpo, inchaço na cabeça e sangramento nas partes íntimas.

O pai da criança chegou a negar qualquer envolvimento com a morte da filha, foi ao velório da bebê e acabou preso pela Polícia Civil.

Informar Erro

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo.

Leia também