17 homens são presos durante rinha de galos e 27 animais resgatados em São Pedro

17 homens são presos durante rinha de galos e 27 animais resgatados em São Pedro

A polícia também encontrou galos mortos. As multas totalizaram cerca de R$ 1,6 milhão

A Polícia Civil prendeu em flagrante 17 homens que promoviam rinhas de galos em uma chácara na zona rural de São Pedro (SP) neste domingo (19). Pelo menos 27 animais foram apreendidos e resgatados vivos, além de outros três que foram encontrados mortos no local. Oito suspeitos fugiram. A operação envolveu policiais civis de São Pedro, Piracicaba e Charqueada.

Foto: Divulgação/Polícia Civil

Segundo a Polícia Civil, no imóvel havia uma estrutura que continha dois cercados (rebolo) onde os galos eram colocados para brigar, dezenas de cadeiras para os participantes assistirem as lutas, caixas de papelão e gaiolas onde os animais aguardavam sua vez para brigar. Os policiais constataram ainda que churrasco e bebidas eram servidos para os participantes. Pelo local, foram encontrados 27 animais vivos que seriam utilizados na rinha e três animais mortos jogados ao lado de onde ocorria a rinha.

Além dos 17 homens conduzidos para a Delegacia de São Pedro, três automóveis, uma motocicleta e dois aparelhos celulares de pessoas que fugiram da chácara ao visualizarem a polícia foram apreendidos, bem como dezenas de apetrechos utilizados na rinha.

Os participantes foram autuados por crime de maus-tratos contra animais. Segundo a polícia, boa parte dos acusados já possuíam passagens policiais pelo mesmo crime.

Além das consequências na esfera penal, os autores também foram autuados pela Polícia Ambiental, sendo o valor de cada autuação de aproximadamente R$ 99 mil reais por pessoa, além das autuações no valor de R$ 15 mil reais pela morte dos três galos, aplicadas aos respectivos proprietários dos animais. As multas totalizaram cerca de R$ 1,6 milhão.

A operação contou com o apoio da Polícia Militar, Polícia Ambiental e Polícia Técnico Científica.

Foto: Divulgação/Polícia Civil
Foto: Divulgação/Polícia Civil
Foto: Divulgação/Polícia Civil
Foto: Divulgação/Polícia Civil
Foto: Divulgação/Polícia Civil
Foto: Divulgação/Polícia Civil
Foto: Divulgação/Polícia Civil
Foto: Divulgação/Polícia Civil
Informar Erro

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo.

Leia também