Neta mata a avó queimada e diz que ela pediu para morrer

Neta mata a avó queimada e diz que ela pediu para morrer

Uma mulher de 36 anos foi presa em flagrante suspeita de atear fogo na casa onde morava com a avó de 91 anos. A idosa morreu carbonizada.

Segundo a imprensa local, o crime foi na tarde de segunda-feira (13), na rua sete, do bairro Nova Veneza, no distrito de Cacau Pirêra, em Iranduba (Amazonas). Presa, a suspeita apresentou distúrbio metal e disse que a idosa pediu para morrer.

Além da suspeita e da idosa, outra neta morava na residência com o marido. O casal não estava na casa no momento do incêndio. A mulher passará por exames para confirmar se ela possui problemas neurológicos. Enquanto o laudo não sai, a mesma seguirá presa pelo crime.

Informar Erro

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo.

Leia também