Policial militar é encontrado amarrado e baleado às margens da Rodovia Geraldo de Barros

Policial militar é encontrado amarrado e baleado às margens da Rodovia Geraldo de Barros

O PM estava de folga e foi baleado quatro vezes, uma delas no pulmão

Um policial militar de 38 anos foi socorrido ao Hospital Santa Casa de Piracicaba após ser encontrado amarrado e baleado às margens da Rodovia Geraldo de Barros na noite desta quarta-feira (08). Ele mora em São Pedro e estava de folga no momento do crime. O PM tomou quatro tiros e um deles acertou o pulmão.

Foto: Divulgação

Segundo informações do Boletim de Ocorrência, o policial foi encontrado por volta das 19h20 por um funcionário da concessionária que administra a rodovia, amarrado pelos pés em um barranco. A motivação do crime e os criminosos ainda são desconhecidos.

A Polícia Militar foi acionada ao local e ainda conforme o BO, “a testemunha informou que visualizou uma pessoa às margens da rodovia pedindo socorro com os pés atados com uma abraçadeira tipo enforca-gato e aparentemente ferido, visto que foi possível perceber o corpo ensanguentado na altura da barriga”, informa o boletim.

Quando os policiais chegarem no local do crime, o PM de folga já havia sido socorrido pela ambulância da concessionária Eixo e encaminhado para a UPA de São Pedro. Pela unidade de saúde foi constatado que a vítima sofreu quatro perfurações por bala, sendo no tórax, no ombro, no braço, e uma delas, no pulmão.

Devido à gravidade do caso, ele foi transferido, ainda durante a noite de ontem, para a Santa Casa de Piracicaba (SP), onde passou por uma cirurgia e permaneceu internado.

O carro do policial foi localizado próximo ao barranco onde ele estava amarrado. Dentro do veículo os policiais militares encontraram alguns objetos pessoais da vítima, porém a arma do policial não foi encontrada. O local foi preservado até a chegada da perícia da Polícia Civil.

Os objetos localizados no carro foram apreendidos e o veículo foi recolhido e levado ao Distrito Policial de São Pedro.

A Polícia Civil investiga a motivação do crime e os criminosos. Testemunhas e imagens de câmeras de segurança estão sendo procuradas. O caso foi registrado na delegacia de Piracicaba como tentativa de homicídio.

Informar Erro

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo.

Leia também