Bebê perde a ponta do dedo durante atividades no parquinho em creche de Piracicaba

Bebê perde a ponta do dedo durante atividades no parquinho em creche de Piracicaba

A mãe disse que a creche está dando todo suporte necessário desde o momento do acidente

Um bebê de um ano e sete meses perdeu a ponta do dedo durante atividades no playground da Creche Municipal Osvladir Júlio, no bairro Eldorado, em Piracicaba (SP). Após o acidente, ele precisou ser socorrido pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) até a Santa Casa para receber atendimento médico. O caso foi na última quinta-feira (26) e a mãe do menino conversou com o PIRANOT hoje (31).

Foto: Divulgação

Segundo informado ao jornal, o menino brincava em uma casinha de madeira existente no parquinho da creche juntamente com outros bebês de sua turma quando, ele colocou a mão na janela da casinha e outra criança acidentalmente fechou a janela, prendendo o dedo dele. Após o acidente, a diretora imediatamente acionou o Samu para socorrer a vítima até o hospital.

“Eu estava trabalhando e a diretora da creche me ligou dizendo que havia acontecido um acidente com o meu filho dentro da unidade e que ela já havia solicitado o Samu”, contou a genitora.

A mãe disse também que a diretora explicou o que havia acontecido e falou que precisava que um dos pais fosse até a creche porque o bebê ia precisar dar alguns pontos no dedo.

Devido à distância que a mãe estava da creche, ela ligou para o marido e pediu para que ele fosse rapidamente até a unidade educacional para acompanhar o filho. Quando o pai chegou no local, o bebê já estava com a mão enfaixada por conta dos primeiros socorros, não sendo possível visualizar o ferimento naquele primeiro momento.

Antes da ambulância sair a caminho do hospital, a diretora entregou ao médico do Samu um copo de gelo com um pedaço do dedo do bebê dentro. Foi então que o pai percebeu que a situação era mais grave do que ele imaginava.

Na Santa Casa, o médico realizou o procedimento de sutura. Embora o menino tenha perdido a ponta do dedo, o doutor explicou que nenhum osso foi atingido, não necessitando assim de uma cirurgia.

A mãe disse ainda que a creche está dando todo suporte necessário desde o momento do acidente. “Estão ligando para mim e mandando mensagem todos os dias para ver como ele está”. Ela afirma que não culpa as professoras e nem a diretora pelo acontecido, pois todos os funcionários que trabalham lá são pessoas boas e profissionais, mas que apenas está indo atrás dos direitos do filho.

Os pais procuraram a Polícia Civil e registraram um Boletim de Ocorrência. O caso agora será devidamente apurado.

Nota da Prefeitura

O PIRANOT entrou em contato com a Prefeitura da manhã de hoje (31) e em nota foi informado que “a Secretaria Municipal de Educação lamenta o fato ocorrido na última quinta-feira, dia 26/05, com o aluno de berçário II da Escola Municipal “Osvladir Júlio”, localizada no bairro Eldorado, durante atividades no playground da unidade. O incidente aconteceu em uma casinha de madeira, a qual foi doada pela comunidade do bairro, e enquanto brincava com outras crianças de sua turma, estando supervisionado por três professoras durante a atividade.

A equipe escolar prestou, já no momento do acontecido, todo o suporte necessário para resguardar o aluno e viabilizar os primeiros socorros. A equipe da SME esteve na unidade para vistoriar o local e orientar quanto ao uso do equipamento doado pela comunidade. Foram retiradas partes do brinquedo com o objetivo de evitar outras ocorrências. A Secretaria acompanha o caso e presta todo apoio necessário”, diz a nota.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação
Informar Erro

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo.

Leia também