10º Baep de Piracicaba e Polícia Civil prendem criminoso que matou estudante com 28 facadas

10º Baep de Piracicaba e Polícia Civil prendem criminoso que matou estudante com 28 facadas

Ela tinha 23 anos e foi morta após sair para caminhar

O criminoso que matou a estudante Mayara Roquetto Valentim, de 23 anos, com 28 facadas na manhã do último domingo (15), acaba de ser preso pela Polícia Civil com o apoio do 10º Baep de Piracicaba na Zona Rural de São João da Boa Vista. Este é um plantão do PIRANOT com informações em tempo real, assim que possível voltaremos com mais notícias sobre caso.

Foto: Divulgação

A jovem era natural de São João da Boa Vista e atualmente estudava na Unicamp (Universidade Estadual de Campinas). Na manhã de domingo, enquanto passava o fim de semana com a família, Mayara saiu para fazer uma caminhada e não voltou mais para a casa.

O corpo da estudante foi encontrado no mesmo dia à noite, com ferimentos de faca no braço, mão, tórax e cabeça, totalizando 28 facadas. O local onde o corpo foi localizado é conhecido como ‘Vale dos Gnomos’ e é frequentado por moradores e turistas.

Unicamp decreta luto de três dias

“É com extremo e profundo pesar que a Diretoria do Instituto de Biologia da Unicamp determina luto de 3 (três) dias pelo falecimento, no dia 15 de maio de 2022, da nossa querida aluna,
Mayara Roquetto Valentim.

A Mayara ingressou no curso 06 – Ciências Biológicas em 2017, tendo concluído a modalidade AL no segundo semestre de 2021. Atualmente, estava cursando a modalidade AJ e atuando como PAD da disciplina BF583.

Foi uma aluna extremamente participativa no curso e querida por colegas de sala e docentes. Mayara nos deixa com 23 anos e muita saudade.

Aos familiares, amigos e colegas enlutados, nossos mais sinceros sentimentos”.

Foto: Facebook

 

 

Informar Erro

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo.

Leia também