Homem morto em condomínio de Piracicaba teria pegado arma de policial e atirado

Homem morto em condomínio de Piracicaba teria pegado arma de policial e atirado

Policial disparou contra homem após ele pegar a arma de um dos agentes, informou a PM

O homem que foi morto pela Polícia Militar (PM) na madrugada desta terça-feira (17) no Condomínio Residencial Paladium, localizado na Avenida Rio das Pedras, em Piracicaba (SP), além de ter atacado os policiais militares com uma faca, ele também chegou a pegar a arma de um dos agentes e atirar. Segundo o síndico do condomínio, o homem morava sozinho e tinha entre 35 a 40 anos.

Foto: Wagner Romano / PIRANOT

Segundo informações apuradas, a PM foi acionada para atender uma ocorrência de desentendimento pelo referido condomínio. Contudo, quando os policiais chegaram ao local, o homem que estava totalmente transtornado, foi para cima deles e os atacou com uma faca.

Ainda de acordo com apuração, os policiais militares tentaram conter o homem usando uma arma de choque (taser), mas ele se levantou e novamente atacou a equipe. Quando os policiais tentaram mais uma vez algemá-lo e contê-lo, ele pegou a arma do coldre de um dos agentes, conseguiu realizar um disparo no chão e quase atingiu a outra policial. Então o agente para a proteção de sua equipe e de outras pessoas, efetuou um disparo de arma de fogo contra o homem, que não resistiu e morreu no local.

“Em legítima defesa, para garantir a vida dela e a do parceiro, ela efetuou um disparo no indivíduo e infelizmente ele veio a óbito”, afirmou a tenente Debora Baboni Dominiquini.

A ocorrência foi apresentada na Deic (Divisão Especializada em Investigações Criminais) de Piracicaba.

Foto: Wagner Romano / PIRANOT

 

Informar Erro

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo.

Leia também