Novos grupos serão vacinados contra a gripe a partir de hoje (16), em Piracicaba

Novos grupos serão vacinados contra a gripe a partir de hoje (16), em Piracicaba

A partir de hoje (16), a vacinação contra a gripe irá contemplar diversos grupos de profissionais A vacina contra gripe é aplicada, sem agendamento, nos CRABs (exceto CRAB Paulista) e UBSs das 08h às 15h e nos PSFs das 08h às 16h, nos dias úteis.

Nesta etapa serão contemplados os caminhoneiros, trabalhadores do transporte coletivo rodoviário de passageiro urbano e de curso longo; trabalhadores portuários; força de segurança e salvamento; armadas e forças do sistema prisional, além de funcionários da população privada de liberdade.

Além dessas, a campanha continua para idosos com 60 anos ou mais; crianças de seis meses a menores de cinco anos; Até a saúde profissional e gestantes e puérperas (mulheres que deram a luz há 45 dias); professores das redes públicas e privadas; pessoas com deficiência; pessoas com comorbidades e indígenas.

DOCUMENTOS – Todos os grupos devem apresentar documento de identificação para tomar a vacina. Os profissionais que serão incluídos na próxima feira devem ainda apresentar que comprove a categoria, como carteira de trabalho, holerite, crachá, entre outros documentos.

Os professores devem apresentar crachá da escola ou holerite. As pessoas com receitas com requisitos devem apresentar também um comprovante que um demônio descrito como risco pertence: exames, relatório médico, especificação médica, etc.

Para as crianças locais e profissionais da saúde é também apresentar carteirinha de grupos e preocupados, uma vez que esses participantes também da campanha de negócios econômicos contra o seus filhos – vacina aplicada acima nos mesmos os mesmos.

DADOS – De acordo com balanço da Vigilância Epidemiológica, até 11/05 foram aplicadas 45.653 doses da vacina contra a gripe em Piracicaba. Dessas, 41.474 doses foram nos grupos prioritários (crianças, idosos, profissionais da saúde, gestantes, puérperas e trabalhadores da saúde). A meta é vacinar 90% das pessoas pertencentes aos grupos prioritários. Até 11/05, 38% dessa população foi vacinada.

Confira abaixo as condições de saúde para o grupo de pessoas com comorbidades:

– Doença crônica (asma em uso corticoide inalatório ou doença sistêmica grave); prematuridade);

– Doença cardíaca crônica (doença cardíaca); hipertensão arterial sistêmica com comobidade; doença cardíaca isquêmica;

– Doença renal crônica (doença renal nos estágios 5, 4; doença nefrótica; paciente em diálise);

– Doença hepática crônica (atresia biliar; hepatite crônicas; cirrose)

– Doença neurológica crônica (em que uma função pode ser neurológica grave pela doença neurológica; considerada como indivíduos dos pacientes, incluindo: AVC, doenças degenerativas com condições cerebrais, e doenças hereditárias neurológicas e semelhantes; doenças neurológicas ou musculares deficiência grave);

– Diabetes Mellitus tipo I e tipo II em uso de medicamentos

– Imunodeficiênciaupressão ou adquirida Imunosspressão por doenças ou doenças);

– Obesidade grau III

– Transplantados de órgão sólido ou medula óssea

– Portadores de trissomias (Síndrome de Down, Síndrome de Klinefelter, Síndrome de Wakany, dentre outras)

Confira abaixo como condições para o grupo pessoas com deficiência:

– Limitação motora que causa grandes dificuldades ou incapacidade para andar ou subir escadas;

– Indivíduos com grandes dificuldades ou incapacidade de ouvir mesmo com o uso do aparelho auditivo;

– Indivíduos com grandes dificuldades ou incapacidade de enxergar mesmo com o uso de óculos;

– Indivíduos com deficiência intelectual permanente que limita as suas atividades habituais, como trabalhar, ir à escola, brincar, etc.

Informar Erro

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo.

Leia também