Homem é preso em Piracicaba após agredir e tentar matar ex-companheira a facadas

Homem é preso em Piracicaba após agredir e tentar matar ex-companheira a facadas

Um homem de 48 anos foi preso em flagrante em Piracicaba (SP) na madrugada de ontem (06), após invadir a casa da ex-companheira de 44 anos, agredi-la e tentar matá-la a facadas. O crime foi no bairro Pompeia e o indivíduo foi preso por violência doméstica e tentativa de homicídio.

De acordo com informações do Boletim de Ocorrência do caso, a vítima contou que o acusado é seu ex-companheiro e há anos ela vem sofrendo perseguição e ameaças por parte dele, que não aceita o fim da relação. Ela afirmou na delegacia que se relacionou com ele por um longo tempo, mas que terminou o relacionamento há cerca de 11 anos, após ser agredida por ele. A vítima relatou ainda que ele chegou a ser preso na época pela agressão.

Não satisfeito, na noite da última terça-feira (05), o homem invadiu a residência da ex-companheira enquanto ela já dormia e a acordou de forma violenta alegando que queria conversar. Ela falou para o homem sair de sua casa, pois não tinha nada para conversar com ele.

Após ela se recursar a conversa, ele começou a bater nela com tapas, socos e a derrubou no chão, tendo então pegado uma faca que ele já tinha levado no bolso e desferido um golpe em direção ao peito da mulher, que apenas não foi atingida porque conseguiu desviar do golpe.

A vítima começou a gritar e pediu ajuda ao filho mais velho, que também estava na casa, e o jovem conseguiu retirar a faca da mão do autor. O criminoso acabou sofrendo um pequeno corte na mão durante o desarmamento. A mulher relatou ainda que conseguiu sair da casa e acionar uma viatura da Guarda Civil Municipal.

O autor foi abordado pelos guardas nas proximidades do local do crime e alegou que apenas foi conversar com a ex-companheira, negando qualquer tentativa de agressão. Diante dos fatos, a equipe levou o homem para receber atendimento médico na mão e depois conduziu ele, a vítima e o filho da vítima até a delegacia.

Ao delegado, a vítima afirmou que teme por sua integridade física e deseja que o acusado responda preso pelo crime. Ela também solicitou medidas protetivas de urgência.

O criminoso foi preso em flagrante por violência doméstica e tentativa de homicídio e permaneceu à disposição da Justiça.

 

Informar Erro

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo.

Leia também