Presidente da Câmara e do Parlamento Metropolitano se lança pré-candidato a deputado federal

Presidente da Câmara e do Parlamento Metropolitano se lança pré-candidato a deputado federal

O Partido Progressista anuncia nesta quarta-feira, 30, a filiação de Gilmar Rotta, presidente da Câmara Municipal de Piracicaba e do Parlamento Metropolitano e seu nome como pré-candidato à Câmara dos Deputados pelo partido. O vereador exerce o seu terceiro mandato e o segundo como chefe do Poder Legislativo, tem atuado pelo desenvolvimento regional desde que, junto com outras 23 Câmaras, reativou o Parlamento Metropolitano.

Foto: Fabrice Desmonts / Câmara

A expectativa de Rotta na nova legenda é contribuir, junto com o vice-presidente da Câmara, Acácio Godoy, para a organização em níveis local e regional, fortalecendo a rede de vereadores do partido – que nas 24 cidades somam 20 – contribuindo para e projetos políticos que atendam às cidades da Região Metropolitana. “Hoje, as 24 cidades contam apenas com um deputado federal eleito, o que nos coloca como coadjuvantes perante as políticas públicas estaduais e federais”, disse Gilmar.

Num levantamento feito por ele, em 2018, mais de 1100 candidatos a deputado federal tiveram votos somente em Piracicaba. Destes, pouco mais de 20 destinaram algum tipo de recurso à cidade, através das emendas parlamentares ou com atuação política defendendo os interesses locais e regionais. “A atuação do deputado deve ir além da destinação de recurso de emendas e é esta a proposta que pretendemos levar às cidades. Foco na região metropolitana e prioridade para as demandas que temos nos aprofundado nos últimos meses junto ao Parlamento”, disse.

A projeção de Piracicaba e região, principalmente com a elevação da região de Aglomerado à Região Metropolitana, exige a compreensão de que juntas, e somando mais de um milhão de eleitores, as cidades podem mudar o desenvolvimento regional, com planejamento e projetos que beneficiem a todas, de forma coletiva, ou individualmente, nas ações mais emergentes. “É importante a união de forças e articulação políticas. Temos muitos desafios a partir de 2023. Será um novo governo com desafios enormes em consequência ainda da pandemia e da guerra da Rússia contra a Ucrânia. Pautas que passarão pela Câmara dos Deputados e que precisarão de uma atuação intensa. Nossa região não pode ficar de fora deste debate”, afirmou.

Rotta entende que é preciso que os candidatos busquem na cidade votos para sua eleição, mas que Piracicaba tem aberto mão, nas últimas eleições, da legitimidade que tem eleger um representante nato. “Somos 290 mil eleitores e uma cidade pode pulsar desenvolvimento que beneficie a todas as camadas sociais. Piracicaba já teve três deputados federais numa única legislatura, José Machado, João Herrmann e Mendes Thame e pode retomar a sua representação política ajudando não só a si, mas à toda região”, finalizou.

 

Informar Erro

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo.

Leia também