Empresa não está pagando adicional de insalubridade denuncia vereador em Piracicaba (SP)

Empresa não está pagando adicional de insalubridade denuncia vereador em Piracicaba (SP)

O vereador Zezinho Pereira (União Brasil) fez um apelo para que a nova empresa contratada pela Prefeitura para a prestação de serviços na Sedema (Secretaria Municipal de Defesa do Meio Ambiente) pague o adicional de insalubridade a seus empregados.

Foto: Câmara

“A empresa que assumiu não quer pagar a insalubridade dos funcionários, dando uma baixa [no salário] próxima de R$ 400 cada funcionário”, disse o vereador, durante a 6ª reunião ordinária, nesta segunda-feira (21).

Zezinho Pereira defendeu o adicional diante dos riscos a que os trabalhadores ficam expostos no dia a dia e afirmou que entrará em contato com o sindicato da categoria e a Prefeitura para solicitar o pagamento.

“Esses funcionários ficam pegando galhos pela rua, sofás velhos, fazem um trabalho braçal que tem alguns perigos, como escorpião, carrapato e cobra. Várias coisas que podem acontecer com eles, que precisam ganhar esse percentual.”

Informar Erro

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo.

Leia também