China registra o maior surto de Covid-19 em dois anos e confina quase 30 milhões de pessoas

China registra o maior surto de Covid-19 em dois anos e confina quase 30 milhões de pessoas

O país registrou 5.280 casos de Covid-19 nas últimas 24 horas

Quase 30 milhões de pessoas foram confinadas na China nesta terça-feira (15), depois que o país registrou o maior surto de Covid-19 em dois anos. O governo obrigou as pessoas a fazerem testes em uma escala que não era observada desde o início da pandemia.

De acordo com dados da Comissão Nacional da Saúde (CNS), o país registrou 5.280 casos de Covid-19 nas últimas 24 horas, o maior número desde a primeira onda da pandemia no início de 2020.

Apesar de ser o maior registro para a China desde 2020, em comparação a outros países o número de 5.280 casos é relativamente baixo. Os números são pequenos em comparação com outros países, mas, a China adotou uma estratégia de “Covid zero”, e até o menor foco é enfrentado com medidas severas.

Segundo informações, ao menos 13 cidades enfrentam um confinamento total e várias adotaram fechamentos parciais. As medidas provocaram o fechamento de várias fábricas na cidade, entre elas a gigante taiwanesa Foxconn, principal fornecedora da Apple.

*** Com informações do G1

Informar Erro

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo.

Leia também