“Eficiência do agro está ligada à tecnologia”, afirma presidente do Crea-SP na Coplacampo

“Eficiência do agro está ligada à tecnologia”, afirma presidente do Crea-SP na Coplacampo

São mais de 26 mil engenheiros agrônomos registrados no Conselho em todo Estado

A produção do agronegócio paulista segue em expansão, tendo registrado crescimento de 26% em 2021, com exportações que totalizaram R$ 18,9 bilhões. Um mercado aquecido que abarca os mais de 26 mil engenheiros agrônomos registrados no Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Estado de São Paulo (Crea-SP). Diante da importância das profissões da área tecnológica para o setor, o presidente do Crea-SP, Eng. Vinicius Marchese, compareceu à 8ª edição da feira de agronegócios Coplacampo, em Piracicaba, para compartilhar das mais recentes tecnologias e novidades da área.

Foto: CREA-´SP

“O Crea-SP precisa estar próximo do agronegócio. Temos 350 mil profissionais e 95 mil empresas registrados em todo o Estado. Essas estruturas precisam estar conectadas para partilhar dos seus conhecimentos e processos. A eficiência do agronegócio e das nossas instituições está diretamente ligada à tecnologia, engenharia e à cooperação”, afirmou Marchese na abertura do evento, destacando, ainda, que o segmento do agronegócio no Brasil alimenta cerca de 900 milhões de pessoas em todo o mundo.

Realizado pela Cooperativa dos Plantadores de Cana do Estado de São Paulo (Coplacana), o evento reuniu as melhores empresas do agronegócio e apresentou aos produtores rurais as novidades em serviços, produtos e tecnologias.

Sobre o Crea-SP – Instalada há 87 anos, a autarquia federal é responsável pela fiscalização, controle, orientação e aprimoramento do exercício e das atividades profissionais nas áreas da Engenharia, Agronomia e Geociências. O Crea-SP está presente nos 645 municípios do Estado, conta com cerca de 350 mil profissionais registrados e 95 mil empresas registradas.

Informar Erro

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo.

Leia também