Piracicaba (SP) implanta primeira área de espera para motocicletas em semáforos

O cruzamento da Avenida Armando de Salles Oliveira com a Avenida Renato Wagner e início da Ponte Irmãos Rebouças, no sentido bairro-Centro, já tem a primeira área de espera (motobox) para motocicletas em semáforos do município. A implantação do dispositivo ocorreu na noite da última quinta-feira (24), e na sexta (25), os agentes de trânsito orientaram motoristas e motociclistas para o uso correto da área. A ação faz parte do projeto-piloto +Segurança no Trânsito, desenvolvido pela Prefeitura de Piracicaba, por meio da Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana, Trânsito e Transportes (Semuttran).

Foto: Justino Lucente/CCS

“O objetivo desse projeto, que conta com a implantação dessa área de espera para motocicletas, é proporcionar mais segurança para os motociclistas, assim como diminuir os conflitos entre veículos e motocicletas na saída do semáforo, além da redução de acidentes”, explica a titular da Semuttran, Jane Franco de Oliveira.

A secretária lembra que a escolha do primeiro ponto para implantação do projeto foi feita a partir de análise realizada pelos técnicos da Semuttran, de acordo com as características do local. Essa primeira implantação visa ainda que os motoristas e motocicletas se habituem com a nova sinalização.

Além de ter grande volume de motociclistas, o cruzamento é monitorado por câmeras da CIMM (Central Integrada de Monitoramento e Mobilidade), o que vai facilitar a avaliação do projeto por parte da Semuttran, além de que tem espaço suficiente para a inclusão dessa área. “O monitoramento da CIMM mais os agentes de trânsito no local vão contribuir para a melhora da segurança no local, tanto nesse período de adaptação quanto posteriormente com esse novo dispositivo”, afirma Ricardo Piton, responsável pela CIMM.

“Esperamos que esse novo dispositivo garanta mais fluidez e segurança no trânsito”, enfatiza Jane.

A área de espera para motocicletas foi regulamentada pelo Código de Trânsito Brasileiro (CTB) em 2020 e é uma “área delimitada por duas linhas de retenção destinadas exclusivamente à espera de motocicletas, motonetas e ciclomotores, junto à aproximação semafórica, imediatamente à frente da linha de retenção dos demais veículos”.

Na última semana, Jane e técnicos da Semuttran apresentaram o projeto-piloto do primeiro local que receberá o novo dispositivo ao vereador Gustavo Pompeo, que havia solicitado a implantação da área reservada para motociclistas aguardarem a abertura do semáforo em cruzamento do município.

Foto: Justino Lucente/CCS
Foto: Justino Lucente/CCS
Foto: Divulgação
Informar Erro
Leia também