Homem morto em Piracicaba teria tentado impedir roubo de motocicleta, diz testemunha

O homem morto com um tiro no bairro Verde, em Piracicaba (SP), por volta das 20h30 de ontem (04), pode ter tentado impedir que a sua motocicleta fosse roubada. A informação é de uma testemunha que não quer ter o nome revelado.

Segundo essa fonte do PIRANOT, a vítima tem aproximadamente 30 anos e teria saído de uma academia próxima da Avenida Doutor João Conceição, quando foi fechada por um carro. “A motocicleta dele é ‘visada’, diferente, então ele deve ter sido seguido”, disse.

Ainda segundo nossa fonte, após ser cercada pelo carro, um homem saiu e anunciou o assalto. A vítima teria então tentado segurar a motocicleta e foi baleada. “O tiro entrou e saiu, na altura do peito”, disse.

A motocicleta foi roubada e abandonada alguns metros depois.

Acionado, o médico do GRAU (Grupo de Resgate e Atenção às Urgências e Emergências), do Corpo de Bombeiros, constatou o óbito. “Nós ouvimos ele gritar que ia morrer, que precisava de ajuda”, relatou a testemunha.

O BAEP e a Rádio Patrulha atenderam essa ocorrência. Até a publicação dessa segunda notícia, às 01h da manhã, ninguém foi preso pelo crime. A DIG (Delegacia de Investigações Gerais), assumirá o caso, que deve ser registrado como latrocínio (roubo seguido de morte).

Ainda não temos a identificação da vítima.

Informar Erro

Só falta você!

O PIRANOT se prepara para alcançar meio bilhão de acessos até o final de 2023. Queremos que você faça parte ainda mais da nossa história. Por isso, convidamos você para seguir nosso conteúdo no Google News e ajudar o portal de notícias a alcançar ainda mais espaço nacionalmente. Clique aqui e siga-nos

Leia também