Droga envenenada deixa pelo menos 20 mortos e 74 internados na Argentina

Droga envenenada deixa pelo menos 20 mortos e 74 internados na Argentina

O caso provocou comoção no país. As autoridades dizem que o número real de afetados pode ser maior

Pelo menos 20 pessoas morreram e 74 foram hospitalizadas até o momento em um subúrbio de Buenos Aires, após intoxicação causada por cocaína adulterada. As autoridades dizem que o número real de afetados pode ser maior.

Foto: Secretaria de Segurança de Buenos Aires

Um porta-voz do governo provincial de Buenos Aires conta que o número inicial de 12 mortos e cerca de 50 hospitalizados aumentou durante a noite, com vítimas internadas em oito hospitais da cidade.

“O que está acontecendo é inédito. Peço a quem comprou [cocaína] nas últimas 24 horas que a descarte. É fulminante. Esta droga tem substância extremamente mortal“, disse o ministro de Segurança da província de Buenos Aires, Sergio Berni.

Segundo ele, entre os que consumiram do que chamou de “cocaína envenenada” estão pessoas com diferentes níveis de intoxicação, incluindo “muito graves”.

“Quando dizemos cocaína má, não estamos falando de produto podre ou com prazo de validade vencido”, mas sim composta com substância tóxica. “Cada traficante corta a cocaína que compra. Alguns fazem isso com substâncias não tóxicas, como amido. Outros põem alucinógenos e se não houver controle, este tipo de coisa acontece”, acrescentou o ministro.

Foram realizadas operações policiais no subúrbio de Loma Hermosa, a noroeste da capital, e cerca de 12 pessoas foram detidas. Ele disse ainda que sacos de cocaína foram apreendidos. A droga cortada está sendo analisada em laboratório em La Plata.

Informar Erro

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo.

Leia também